Coisas mais aviárias que lemos hoje

Em transformação: o que os clubes catarinenses já colocam em prática para vencer a inadimplência

Matéria de Mariana Gianjoppe no Diário Catarinense mostra o que quatro dos maiores clubes catarinenses tem feito para sanar as dívidas e tentar modernizar suas gestões. Em um momento que tanto se discute a lei de responsabilidade fiscal para os clubes, a matéria traz uma boa perspectiva dos times catarinenses.

Ex-Timão, Jucilei “vira palestino” para abrir espaço a estrangeiro em equipe

No Globoesporte.com, Alexandre Lozetti falou com o volante Jucilei sobre ele ter conseguido o passaporte palestino para abrir uma vaga para estrangeiro no elenco – o que o qualifica até para jogar pela seleção da Palestina, o que é ainda mais curioso.

Garotinho diz que romperá contrato do Maracanã na 1ª semana de governo

A matéria é do UOL e mostra como o candidato Anthony Garotinho, do PR, planeja fazer isso mesmo: rasgar o contrato com a concessionária do Maracanã. Sim, porque eles aceitariam tranquilamente isso, sem dúvida.

Cristóvão explica como a rotina de treinos transformou o Fluminense no time que não erra passes

A entrevista de Paulo Vinicius Coleho com o técnico do Fluminense, Cristóvão Borges, é para ser lida e relida. O texto está no blog do comentarista, no ESPN.com.br, e o treinador mostra qual é o trabalho que tem feito para valorizar o passe como fundamental básico do Fluminense neste brasileiro, o que tem dado bons resultados nesta volta da Copa do Mundo.

Eu acredito no Ganso

A coluna de Tostão na Folha fala sobre como tem se errado nas análises de Paulo Henrique Ganso, meia do São Paulo. Para ele, se as análises eram condescendentes no início da carreira do jogador, agora elas são excessivamente críticas com o jogador, que tem se esforçado para participar mais do jogo, fechar espaços, desarmar, fazer mais parte do jogo coletivo.

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo