As coisas mais financeiras que lemos hoje

São Paulo quer vender naming rights do Morumbi

Segundo informa Camila Mattoso, da ESPN, o São Paulo pretende negociar os naming rights do Morumbi após a reforma de modernização do estádio, que deverá acontecer no início do ano que vem.

Por R$ 135 milhões, São Paulo fecha com a Under Armour por cinco anos

O dia foi mesmo de novidades no Tricolor. Depois de muita especulação o clube fechou acordo por cinco anos com a fornecedora de material esportivo Under Armour, válido a partir de maio, ao fim do contrato com a Penalty. O acerto renderá R$ 15 milhões por ano ao São Paulo, além de R$ 12 milhões por ano em materiais esportivos.

Diego Milito abre mão da Europa e de milhões para ser campeão com o time do peito

Diego Borges, da ESPN, traz a história do título do Racing sob a ótica do retorno de Diego Milito ao clube. El Príncipe esteve nas duas últimas equipes campeãs da Academia no Campeonato Argentino.

Corinthians tem de pagar R$ 2,9 milhões de salário para Anderson Martins em abril

Depois de chegar a um acerto com Anderson Martins para pagar salários menores do que os que o zagueiro exigia, a conta chegou para o Corinthians, que precisará desembolsar quase R$ 3 milhões como espécie de “luva” do jogador, que está apenas emprestado até o meio de 2015.

Em reunião, Juvenal xinga Aidar e promete tentar seu impeachment

Não só de planos comerciais e acordos de patrocínio o São Paulo alimentou as manchetes hoje. O clima também pegou fogo dentro do clube, de onde Juvenal Juvêncio prometeu derrubar o atual presidente Carlos Miguel Aidar.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo