Classe eterna

Os torcedores de Juventus e Torino tiveram uma folga de seus duros dias atuais na noite de quarta-feira, quando jogadores históricos dos dois clubes se reuniram em uma partida beneficente. A renda foi revertida para os portadores de esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença degenerativa que afetou, entre outros, o ex-jogador de Milan e Fiorentina Stefano Borgonovo.

A Juve caminha para sua segunda temporada consecutiva fora da Liga dos Campeões, enquanto o Torino tem dificuldades na Serie B e ainda tem de correr atrás, pelo menos, de uma vaga nos play-offs de acesso.

Tudo isso foi esquecido por alguns instantes pelo público que encheu o estádio Olímpico de Turim. No primeiro tempo, jogaram os ex-atletas com mais de 45 anos. Na etapa final, aqueles que pararam há menos tempo, com mais de 35. Foi um espetáculo.

Pelo Torino, marcaram Júnior, que representou o clube nos anos 80, e Lentini, protagonista de uma das transações mais caras do futebol mundial no início dos anos 90, para o Milan, antes de ter sua carreira prejudicada por um grave acidente automobilístico.

O primeiro gol da Juventus foi uma obra de arte: passe perfeito de Zidane e conclusão cheia de categoria de Nedved. Infelizmente para o torcedor juventino, eles nunca puderam atuar juntos: o tcheco chegou justamente quando o francês foi transferido para o Real Madrid, em 2001. Ainda houve tempo para o gol de empate, de Porrini.

Vale a pena ver o vídeo e matar saudades.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo