Sem categoria

Chile aprova lei de melhorias de condições de trabalho a jogadores

A presidente chilena Michelle Bachelet promulgou nesta segunda-feira uma lei sobre o estatuto laboral destinado aos jogadores profissionais do país. Pelas novas regras, os clubes locais não podem assinar contratos com seus atletas com duração inferior a um ano.

“Desde hoje, os jogadores profissionais terão um trabalho mais digno e ajustado aos seus direitos sociais e trabalhistas”, afirmou a presidente, durante cerimônia realizada em La Moneda.

Segundo a lei, aprovada pelo parlamento em 20 de março, os contratos não podem exceder os cinco anos de duração. Além disso, os atletas terão direito a pelo menos 10% do valor de uma transferência para outro clube. Foram dadas outras garantias, como o estabelecimento de prazos para o pagamento de prêmios, férias e proteção à saúde, entre outros itens.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo