Celtic x Barcelona

O Barcelona sentirá um certo déjà vu nas oitavas-de-final da Liga dos Campeões. O time catalão terá outro clube escocês em seu caminho. Na fase de grupos, o Barça encarou o Rangers e se deu bem: segurou um empate sem gols em Glasgow e bateu o adversário por 2 a 0 no Camp Nou. Agora, o rival será o Celtic, mas ficará a impressão de se tratar da mesma coisa.

Embora tenha se classificado com relativa facilidade na LC, a temporada dos blaugranas não anda lá essas coisas. Na Liga Espanhola, o time está atrás de seu rival Real Madrid. Para piorar, o Barcelona enfrenta uma série de problemas internos. As críticas de Edmílson, que afirmou haver ‘ovelhas negras’ no elenco, ilustram muito bem como anda o ambiente. O técnico Frank Rijkaard dá sinais de desgaste e são cada vez maiores os rumores de que ele será substituído.

Além disso, Ronaldinho está longe de suas melhores atuações. Os problemas físicos o atrapalharam e ele cegou a freqüentar o banco de reservas. Quando esteve em campo, não foi capaz de decidir partidas como antes; a torcida perdeu a paciência com o camisa dez e as vaias se tornaram uma constante.

Obviamente, apesar das dificuldades, o poder do Barcelona jamais pode ser desprezado. Qualquer técnico gostaria de ficar em dúvida sobre quem escalar no ataque: Henry? Eto’o? Messi? Isso sem contar nos promissores Giovani e Krkic, que não decepcionaram quando foram exigidos. A presença de Yaya Touré no meio-campo aliviou o trabalho dos defensores, mas a zaga ainda desperta insegurança.

Pelo segundo ano seguido, o Celtic alcança as oitavas-de-final da LC. No entanto, como em 2006/07, quando pegaram o futuro campeão Milan, os Bhoyz não devem almejar um futuro mais duradouro na competição. Para quem gosta de clichês, a equipe escocesa é um prato cheio.

Em casa, com o apoio incondicional dos torcedores, o Celtic torna-se uma equipe difícil de ser batida. Na fase de grupos, o time venceu seus três duelos no Celtic Park – até mesmo o Milan sentiu a força do estádio e sucumbiu com uma derrota por 2 a 1. Como visitante, o clube se torna um desastre. Longe de seus domínios, a equipe sente suas limitações técnicas e se transforma em presa fácil para seus inimigos. Fora de casa, o Celtic perdeu seus três compromissos no grupo D.

Apesar de ser um time arrumadinho e disciplinado, o Celtic conta com uma artilharia bem fraca. Ao lado do Schalke 04, o time marcou apenas cinco gols na fase de grupos, a pior marca entre os classificados para as oitavas. Pelo jeito, o Barcelona deve se classificar – com um 0 a 0 na Escócia e 1 a 0 no Camp Nou.

Barcelona
Campanha na fase de grupos: 1º no grupo E (4V, 2E, 0D, 12GP, 3GC)
Artilheiro na fase de grupos: Messi (4 gols)
Quem pode decidir: O tridente ofensivo formado por Messi, Eto’o e Ronaldinho
Quem pode entregar: a zaga, nem um pouco confiável
Chances no confronto: 85%

Celtic
Campanha na fase de grupos: 2º no grupo D (3V, 0E, 3D, 5GP, 6GC)
Artilheiro na fase de grupos: Jarosik, Donati, McManus, McGeady, McDonald (1 gol)
Quem pode decidir: a forte marcação (para não falar retranca) em casa
Quem pode entregar: a absoluta inércia que acomete os Bhoyz como visitantes
Chances no confronto: 15%

Arsenal x Milan
Fenerbahçe x Sevilla
Liverpool x Internazionale
Lyon x Manchester United
Olympiacos x Chelsea
Roma x Real Madrid
Schalke x Porto

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo