Baixou o nível

O técnico do Catania, Walter Zenga, e o jornalista Enrico Varriale, do programa Stadio Sprint, da RAI, protagonizaram uma discussão de ânimos acirrados neste domingo, depois da vitória por 3 a 2 do time siciliano sobre o Torino. Zenga estava no estádio Massimino e Varriale no estúdio, e o bate-boca se deu via link mesmo.

A origem da discussão foi na última rodada, quando Zenga – que estava trabalhando como comentarista da RAI antes de assumir o Catania – não apareceu para dar entrevista ao canal estatal. Na ocasião, Varriale alfinetou: “Zenga, não se esqueça que a RAI o tirou de um certo ostracismo e te apresentou como um admirado comentarista”.

Logo que iniciou sua entrada ao vivo no Stadio Sprint neste domingo, Zenga partiu para o ataque: “Eu preferia que você não falasse de mim pelas costas, e não fizesse comentários sobre a minha vida privada e sobre o meu passado como treinador”.

Varriale rebateu: “Você foi um grande goleiro, que na carreira errou poucas saídas. Essa é uma saída errada, como aquela que nos custou a Copa de 1990 contra a Argentina”.

Os colegas de programa tentaram acalmar os ânimos e Varriale procurou falar da partida, mas, nervoso, se confundiu e pediu para Zenga avaliar a atuação de Brienza (jogador da Reggina) em vez de Mascara, do Catania. O treinador, então, rebateu: “Brienza? Veja, era Mascara, é você que continua saindo em falso, prefiro nem comentar”.

Em um momento mais tenso, Zenga mandou Varriale “pensar na sua família” e o jornalista replicou dizendo que o ex-goleiro tinha de “parar de fazer ameaças e pensar no que dizia”.

Então, o técnico partiu para a ironia: “Que medo que eu tenho, estou até tremendo. Estava doido para vir aqui lhe dizer. Vocês me faltaram com o respeito. Você, Varriale, está fora de controle”. E disse que não continuaria a entrevista com ele.

O comportamento dos técnicos na televisão, especialmente depois da chegada de José Mourinho à Internazionale, tem sido bastante discutido. O presidente da Lega Calcio, Antonio Matarrese, chegou a pedir aos presidentes dos clubes que aconselhassem seus treinadores a ter um comportamento mais adequado nas entrevistas televisivas. Pelo visto, não adiantou muito…

Quer ver o vídeo? Clique aqui e confira no site da Gazzetta dello Sport.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo