Animais imbecis

Conta a fábula a história de três bichos imbecis: um leão, um coelho e uma foca. Um belo dia, depois de ver seu time virar um jogo perdido e acabar sendo derrotado no final pelo arqui-inimigo da azul, o leão aprontou das suas. Disse que “torcia para que isso não acontecesse”, mas insinuou que a foca, um dia ia tomar um chute na cara. Com aquele ar de quem acha que todo o resto do planeta é formado por idiotas, o galináceo felino estava na realidade sugerindo que alguém deveria acertar a fuça da foca.

Não que se vá aqui fazer um discursinho calazaniano em defesa do “futebol-arte”, não. Lugar de foca, afinal, é no Seaworld. Não consta que seu drible de nariz já tenha servido para algo a mais do que irritar adversários. O problema é que, quando um animal imbecil, seja ele técnico de futebol ou autor de gol contra em jogo contra o River plate, é sempre um imbecil. E os imbecis brasileiros, quiça os latinos, sempre têm o seu lado “vou meter porrada”. “Humilhado” pelo drible, foi o que fez o coelho.

No frigir dos ovos, machices animais à parte, com isso a foca vai ganhando sobrevida no futebol. Se a deixassem macaquear por aí na boa, daqui a meses ia estar ou no Seaworld, ou no Real Betis ou no Catar. Como insistem em lhe “meter porrada”, parece até que estamos falando de um animal craque.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo