América: não veio para passear

A chegada das Chivas à final da última Libertadores, contra o Internacional, não trouxe o primeiro título da competição para um time azteca, mas aguçou o América. Afinal, seus dois maiores rivais (o Cruz Azul também perdeu a final em 2001, para o Boca Juniors) já estiveram mais perto do topo da América que os Azulcremas.

Por isso, a diretoria Milloneta já declarou a competição como prioritária, tanto quanto a Liga mexicana. Mais do que uma vantagem, essa falta de prioridade pode complicar a caminhada Canária. A possibilidade de buscar com mais afinco a inédita conquista continental é prejudicada pela pressão da fila de cinco anos sem conquistas nacionais.

O time comandado por Lapuente já é bom e quase não se reforçou em relação ao time da última temporada. De novo, apenas o ótimo o meia uruguaio Nicolás Olivera, contratado após excelente passagem pelo Puebla e outros clubes astecas. Além disso, o clube conta com o retorno de Iñigo, que volta de empréstimo dos Gallos Blancos de Querétaro.

A pressão, sempre um fator de peso no tradicional clube capitalino fez a diretoria colocar, de uma só vez, oito jogadores na lista de dispensa após a eliminação na última Liguilla, o que mostra que a aposta deverá ser na base que conquistou o último Apertura mexicano sub-20. Na primeira fase, somente o Fluminense parece ter mais time, já que Nacional (URU) e Argentinos (ARG) aparentam menos força a cada dia e a preocupação deverá ser mesmo a partir das oitavas.

Elenco:

1 – Guillermo Ochoa, G (MEX)
12 – Armando Navarrete, G (MEX)
25 – Hugo González, G (MEX)

2 – Patricio Treviño, D (MEX)
3 – Aquivaldo Mosquera, D (COL)
4 – Óscar Rojas, D (MEX)
6 – Juan Carlos Valenzuela, D (MEX)
15 – Rodrigo Íñigo, D (MEX)
16 – Diego Cervantes, D (MEX)
19 – Miguel Layún, M (MEX)

5 – Rosinei, M (BRA)
7 – Nicolás Olivera, M (URU)
8 – Israel Martínez, M (MEX)
13 – Pável Pardo, M (MEX)
14 – Diego Reyes, M (MEX)
18 – Ángel Reyna, M (MEX)
20 – Renato González, M (MEX)
21 – Alfredo Omar Tena, M (MEX)
23 – José Joaquín Martínez, M (MEX)

9 – Enrique Esqueda, A (MEX)
10 – Daniel Montenegro, A (ARG)
11 – Vicente Sánchez, A (URU)
17 – Antonio López, A (MEX)
22 – Vicente Matías Vuoso, A (MEX)
24 – Daniel Márquez, A (MEX) 

Momento histórico contra um brasileiro:

Flamengo 0x3 América: histórica vitória do clube azteca eliminando o Flamengo no Maracanã lotado após perder o jogo de ida em casa por 4 a 2, com Salvador Cabañas marcando duas vezes

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo