Acerto de contas

Pouco mais de quinze anos atrás, Ronald Koeman marcava, na prorrogação, o gol do primeiro título europeu do Barcelona na final contra a Sampdoria, em Wembley.

Roberto Mancini era um dos destaques do surpreendente time de Gênova, que ficou a um passo do título continental depois de conquistar seu primeiro e único scudetto.

Na coletiva pré-jogo desta segunda-feira, Mancini admitiu que a derrota foi o momento mais doloroso de sua carreira. “Levei uns quatro anos para superar”, disse.

Nesta terça, eles ficam outra vez frente a frente – Mancini como técnico da Internazionale, Koeman do PSV. Para o italiano, é uma questão pessoal. Dia de acertar as contas.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo