Acabou o centenário!

O Atlético Mineiro completa 101 anos hoje – o que significa que o centenário enfim terminou, depois das frustrações acumuladas em 2008. É a oportunidade ideal para o Galo voltar a trabalhar com expectativas realistas. O otimismo do torcedor neste início de ano é compreensível, já que o polêmico presidente Alexandre Kalil e o igualmente polêmico técnico Leão são os favoritos da maior parte da torcida. De qualquer forma, é necessário colocar em perspectiva os bons resultados e a liderança do Estadual.

Primeiro, os pontos positivos: a contratação de Diego Tardelli, que, sob a batuta de Leão, costuma começar bem. Se continuar assim, pode ser o goleador que falta desde Guilherme. É esperar para ver. Também teve a chegada de Júnior, jogador que agregou experiência e categoria ao time, apesar das limitações físicas. O volante Carlos Alberto, descartado no Corinthians, encaixou-se bem no time e já é uma das peças indispensáveis. Éder Luís, após a passagem apagada no São Paulo, teve um início de ano lento. mas está crescendo de produção.

Por outro lado, o que vai mal: o clube não contratou um goleiro e continua com Juninho, que foi mal no último Brasileiro e continua falhando. Na zaga, o jovem Welton Felipe, apesar de forte fisicamente, tem dado sinais de insegurança. Foi expulso no clássico contra o Cruzeiro e voltou a vacilar no jogo do último domingo contra o Villa Nova. Em alguns setores, como a lateral-direita, faltam reservas, e em outros, como a “camisa 10”, faltam até titulares no momento. Pelo menos até Renan Oliveira, que se reapresentou lesionado da Seleção Sub-20, reencontrar a forma dos últimos meses de 2008.

Fundamental para o Atlético é não permitir que a provável final do Mineiro contra o Cruzeiro condicione o resto do ano. Nem em caso de vitória, quando será preciso evitar uma empolgação exagerada, nem em caso de derrota, que poderia abalar a confiança da equipe para a sequência da temporada. Um prognóstico mais preciso sobre o 2009 do Galo só será possível no início do Brasileirão e nas fases mais agudas da Copa do Brasil.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo