A chance de Rooney

A Inglaterra, talvez pela primeira vez nas últimas décadas, não é vista como favorita ao título da Eurocopa. Fez um bom jogo contra a França, outra boa exibição contra a Suécia. E sem o seu principal jogador, Wayne Rooney. O atacante, porém, tem um histórico conturbado pela seleção inglesa.

Em 2006, nas quartas de final da Copa do Mundo, o jogador foi expulso de forma boba contra Portugal, em um lance que agrediu Ricardo Carvalho e depois empurrou Cristiano Ronaldo, seu então companheiro de equipe no Manchester United. Recebeu um vermelho direto. O jogo em Gelsenkirchen foi marcante na carreira do atacante, muito criticado pela atitude.

Em outras oportunidades, como na Euro 2004 e na Copa do Mundo de 2010, Rooney sentiu a frustração de não ter conseguido levar o seu país a avançar além das quartas de final. Em 2004, derrota nos pênaltis para Portugal, dono da casa. Em 2010, na Copa, goleada sofrida contra a Alemanha.

Aos 26 anos, Rooney chega para jogar em uma Inglaterra que, como sempre, não é brilhante, mas ao contrário das outras vezes, é mais consciente disso. Cristiano Ronaldo atua por Portugal e por ser o jogador que é, pode elevar o nível do time o colocando para brigar com os grandes. Será que Rooney pode fazer o mesmo pela Inglaterra? Começaremos a ver nesta terça, quando o atacante volta ao ataque do English Team contra a Ucrânia. E o jogador estrela um vídeo promocional da Nike, sua patrocinadora, revivendo momentos de altos e baixos de sua carreira. Se jogar tudo que sabe, Rooney pode ajudar a Inglaterra a surpreender. A pergunta é: será que é suficiente?

Foto de Equipe Trivela

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]
Botão Voltar ao topo