2010 – Deutschland vor!!!

por Renato Guilarducci*

Nesta Copa do Mundo, Brasileiro que sou, NÃO vou torcer para o Brasil ganhar. Explico transcrevendo, ou melhor, contando a conversa com um amigo aqui, do Jornal, durante a festa dos aniversariantes do mês passado.

Ao saber que eu iria com a equipe das redações para a cobertura da Copa, ele ficou bem contente e com aquela pontada de inveja que qualquer um ficaria (eu mesmo fiquei, em 2006, quando um amigo meu foi para a Alemanha). E começou a comentar sobre como seria legal eu poder ver todos os jogos do Brasil (coisa que nem sei se dá mesmo, com o trabalho que deve dar cobrir uma Copa…), que eu poderia até ver o Brasil hexacampeão ao vivo! \o/

Cortei o barato dele, dizendo que eu estou torcendo para a Alemanha ganhar. Claro que a primeira reação de qualquer brasileiro é contestar meu merecimento em ir à África do Sul. Não foi diferente nesse caso. Mas expliquei meus motivos:

Brasil, Hexa em 2014

77 seleções participaram de Copas do Mundo até hoje (conto a Alemanha pré-II Guerra, Alemanha Oriental, Alemanha Ocidental e a Budesrepublik Deutschland de hoje como uma só. Afinal, a Alemanha é tri-campeã hoje, mesmo tendo sido a “finada” Alemanha Ocidental a conquistar todos os títulos). Dessas 77, apenas 7 venceram. Ou seja, apenas 9% de todos os países que disputaram uma Copa do Mundo venceu. Ainda mais: desses 7 campeões, apenas 2 (Brasil e Itália) foram campeões duas vezes seguidas, ou bicampeões (tudojunto). Duas seleções, sobre 77 dá 1,6%. Além disso, o Brasil é o único campeão do mundo que não venceu uma copa em casa. Até a seleção de hadball francesa, do pivô Thierry Henry, conseguiu vencer no seu estádio nacional.

Alguns alemães discordam de que a Alemanha tenha vencido em casa. Talvez, porque a final de 74 tenha sido no Olympiastadion, em Munique, e, dizem os alemães que a Bavária não é Alemanha (qualquer semelhança com o Rio Grande do Sul é mera coincidência). Apesar desse discurso, eu conto ponto pra Alemanha, que venceu em casa a Copa de 74 contra a toda poderosa Laranja Mecânica de Johan Cruijf.

Portanto, o Brasil tem, em 2014 (se o mundo não acabar em 2012, como Hollywood prometeu), a chance de se redimir dessa injustiça que assola a seleção com mais títulos mundiais de futebol. Então, perguntei a ele: “você acha mesmo que, com essa chance, eu vou querer que o Brasil vença em 2010 e fique dentro desse 1,6% de chance de ganhar em 2014, no Maracanã???”

Ele me olhou com um olhar de pena pela minha doença mental para o futebol e disse: “é, você merece ir pra Copa!”

Não vou torcer pro Brasil. Itália, jamais (o único penta é o Brasil!). Argentina nem precisa falar (de novo, os gaúchos que me desculpem), França ainda está atravessada na minha garganta, Uruguai e Inglaterra, coitados. E já desisti da Holanda, que é sempre favorita e é sempre eliminada.  Como já tenho uma simpatia pela terra da Frau Merkel, Einstein e Nena, escolho torcer para a Alemanha ser TETRA!

E vou ver os National Elf vencerem na terra de Mandela!!! \o/

*Renato Guilarducci é analista de sistemas, um cagão por ir para a Copa do Mundo e edita o blog FC Vuvuzela.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo