Desde a temporada passada, um grande diferencial ao Eintracht Frankfurt na Liga Europa esteve em sua torcida. Com festas fantásticas nas arquibancadas, as Águias corresponderam em campo e protagonizaram uma campanha histórica até as semifinais. E o sonho parecia palpável na atual edição do torneio continental, outra vez com consistência da equipe de Adi Hütter. No entanto, diante das arquibancadas vazias da Commerzbank Arena, por causa da pandemia de coronavírus, o Frankfurt terminou amassado pelo Basel nesta quinta-feira. Os suíços construíram um belíssimo placar de 3 a 0 no primeiro embate válido pelas oitavas de final.

O Eintracht Frankfurt começou com a iniciativa na partida, mas não conseguia romper a defesa do Basel. E a situação dos alemães começou a se tornar difícil aos 27 minutos, quando os visitantes abriram o placar. Samuele Campo cobrou falta com muita precisão, mandando a bola no ângulo de Kevin Trapp. Sem tanta criatividade no último passe, as Águias encontravam dificuldades para invadir a área suíça.

O segundo tempo ficou mais aberto. O Basel criou algumas chances nos primeiros minutos, antes que o Frankfurt respondesse e chegasse a carimbar o travessão, com Almamy Touré. Já a tranquilidade dos suíços veio a partir dos 27. Graças a um contra-ataque, Kevin Bua saiu de frente para o gol e deu um leve toque para encobrir Trapp. A vitória estaria concluída aos 40, com o terceiro gol. Bua partiu em velocidade pela direita e entregou o presente para Fabian Frei, que concluiu sem dificuldades.

Embora tivesse eliminado o Red Bull Salzburg na fase anterior da Liga Europa, o Eintracht Frankfurt vinha de uma sequência ruim na Bundesliga. E a derrota desta quinta-feira deixa a situação bastante difícil para o reencontro, também na Alemanha, após acordo entre os clubes por conta do coronavírus. Terceiro colocado no paralisado Campeonato Suíço, o Basel aposta suas fichas na Liga Europa e tem uma campanha marcante a seu alcance. Se passar, seria a quinta aparição do clube entre os quadrifinalistas da Copa da Uefa / Liga Europa, a primeira desde 2014.