Sete jogo, sete vitórias. A trajetória de Emily Lima como técnica da seleção brasileira feminina começa muito bem. Nesta terça-feira, a Seleção venceu a Islândia por 1 a 0 no Estádio Laugardalsvöllur, em Reykjavík. Desde que a técnica assumiu, o time vem vencendo todos os jogos: 6 a 0 na Costa Rica; 4 a 0 na Rússia; 3 a 1 na Itália; 5 a 3 na Itália novamente; 6 a 0 na Bolívia; 2 a 1 na Espanha e agora 1 a 0 na Islândia.

LEIA TAMBÉM: Coreia e Japão, 15 anos: Já classificado, Brasil goleou Costa Rica, com acrobacia de Edmilson

“Falta bastante trabalho ainda. O mais importante que eu vivo frisando é que elas vêm tentando fazer o que a gente vem propondo. O primeiro tempo foi exatamente o que a gente estudou e o que passamos para elas”, analisou Emily Lima.

Marta marcou o gol da vitória aos 21 minutos do segundo tempo. Em uma boa bola conduzida por Andressinha no meio-campo, a volante passou bem para Marta, que finalizou com o seu conhecido pé esquerdo, embaixo das pernas da goleira. Em dois jogos na Europa, duas vitórias, contra a Espanha de virada e contra a Islândia.

“Foram dois jogos diferentes. A Espanha joga mais com a bola no pé, a Islândia já é mais ligação direta, força física. Acredito que a gente conseguiu impor o nosso ritmo gradativamente. Contra a Espanha, no segundo tempo, melhoramos e aí conseguimos virar o jogo. Já contra a Islândia, ficamos o tempo todo com a bola no pé e foi um jogo muito disputado”, analisou a capitã. “Vamos para casa com o sentimento de dever cumprido nas duas partidas, mas sabendo que precisamos melhorar muito mais, e nós temos qualidade para isso”, concluiu Marta.

A Seleção volta a campo no dia 4 de julho contra a Alemanha, em um amistoso difícil contra a campeã olímpica. Depois destes dois jogos, o Brasil se prepara para o Torneio das Nações, nos Estados Unidos, de 27 de julho a 3 de agosto, junto com as anfitriãs, Austrália e Japão. Todos jogos muito fortes, contra seleções que podem complicar. Alemanha, Japão e Estados Unidos estão entre as melhores seleções do mundo – sendo que as americanas são atuais campeãs mundiais – e a Austrália foi quem eliminou o Brasil na Copa do Mundo de 2015.

O primeiro jogo do Brasil no torneio será contra o Japão, no dia 27. Serão três jogos e a seleção campeã será aquela com mais pontos, com saldo de gols como critério de desempate.

Veja o calendário de jogos:

Calendário do Torneio das Nações (horário de Brasília)

27/07 – Brasil x Japão – CenturyLink Field, Seattle, Washington – 17h15 

27/07 EUA x Austrália – CenturyLink Field, Seattle, Washigton – 20h 

30/07 – Japão x Austrália – Qualcomm Stadium, San Diego, California – 18h15 

30/07 – EUA x Brasil – Qualcomm Stadium, San Diego, California – 21h 

03/08 – Austrália x Brasil – StubHub Center, Carson, California – 20h15

03/08 – EUA x Japão – StubHub, Carson, California – 23h

Confira os melhores momentos da partida, a avaliação da técnica Emily Lima e de Marta, e os bastidores da partida, em vídeos da CBF TV: