Em junho deste ano, a Inglaterra enfrentava a Holanda na semifinal da Liga das Nações e, com falha de Stones, acabou eliminada pela Oranje. No Twitter, Tom Pope, atacante do Port Vale, da quarta divisão inglesa, não perdoava: “Adoraria jogar contra o Stones toda semana. Faria 40 gols por temporada”. Bom, agora Pope poderá testar a validade da sua cornetada, já que o seu Port Vale foi sorteado para enfrentar logo o Manchester City de John Stones.

Como a internet não perdoa, o tuíte de Pope após aquela derrota por 3 a 1 da Inglaterra foi cavado pouco depois do sorteio da FA Cup.

“Acabei de ver os melhores momentos do jogo da Inglaterra. Sei que sou um jogador da League Two, sei que ele joga pela Inglaterra, sei que o salário dele é de £ 150 mil por semana, sei que ele é um jogador um milhão de vezes melhor do que eu. Mas eu adoraria jogar contra o John Stones toda semana. Eu faria 40 gols por temporada”, dizia a mensagem de junho.

Naquela partida, a Inglaterra vencia por 1 a 0, e Matthijs de Ligt empatou o duelo de cabeça, ganhando pelo alto uma disputa com Stones. Mais tarde, na prorrogação, Stones se enrolou com a bola na saída, perdeu a posse para Depay, e o chute do atacante do Lyon virou rebote para a Holanda fazer 2 a 1.

Nesta temporada, o Port Vale eliminou o MK Dons na primeira rodada da Copa da Inglaterra e o Cheltenham na segunda, com Pope marcando um hat-trick em apenas oito minutos e levando o time à terceira rodada. Fase essa em que o Port Vale agora enfrenta o City, em 4 de janeiro, no Etihad.

“Esse tuíte é de seis meses atrás, e vocês conseguiram cavá-lo. Nesses seis meses, ele melhorou drasticamente, e acho que é o melhor zagueiro do mundo”, comentou Pope nesta segunda-feira, bem-humorado.

O jogo, que já era especial para o Port Vale pela exposição, ganha contornos ainda melhores com esta inesperada rivalidade pessoal.