“O Athletic está tentando impedir a venda de Martínez”, diz Hoeness

Presidente do Bayern Munique falou sobre os problemas na negociação com o meio-campista, que pode se tornar o jogador mais caro da história da Bundesliga

Presidente do Bayern Munique, Uli Hoeness admitiu as dificuldades em concluir a contratação de Javi Martínez. Segundo o dirigente, os bávaros já concordaram em pagar a multa rescisória do meio-campista, estipulada em € 40 milhões, mas ainda assim o Athletic Bilbao tem criado complicações na transferência.

“No momento, as negociações não avançam porque os dirigentes do Athletic estão sendo muito teimosos, fazendo o possível para impedir a transferência. Se o presidente do Athletic estivesse disposto a chegar a um acordo, ele aceitaria nossa proposta de € 40 milhões rapidamente”, declarou.

Hoeness ainda afirmou que Martínez também já chegou a um acordo salarial pela transferência: “Depois de saber que Martínez estava feliz com a venda, nós sentimos que poderíamos reduzir nossa proposta de salário anual, de € 10 milhões para € 8 milhões. Ainda assim, é uma quantia alta”.

Até o momento, o Bayern já gastou € 30,3 milhões na atual janela de transferências, confirmando a chegada de sete reforços. Caso o negócio com Martínez seja concluído, será a contratação mais cara da história do futebol alemão, em valores absolutos, ultrapassando os € 30 milhões que o próprio clube investiu para tirar Mario Gómez do Stuttgart em 2009.