O Argentinos Juniors está longe de ser um dos grandes clubes da Argentina. Possui um título da Libertadores, é verdade, considerado um ponto fora da curva pela maioria, apesar da ótima geração que se formou. Também são três taças da primeira divisão, duas conquistadas naquele período áureo, que dão uma dimensão melhor do tamanho dos colorados dentro do cenário nacional. Ainda assim, a queda da equipe de Buenos Aires à segundona é uma sensação que sua torcida não tinha desde 2002. Consumada neste domingo, diante de uma combinação de resultados que culminaram no descenso.

>>> O gol que Maradona acha mais bonito do que aquele da Copa de 86

Durante os últimos anos, tornou-se comum o Argentinos Juniors brigar contra o rebaixamento, ainda que haja uma grande exceção. Foi no Clausura de 2010, quando a equipe estrelada por Ismael Sosa e Néstor Ortigoza superou o forte Estudiantes, então campeão da Libertadores, por um ponto e ergueu a taça depois de 25 anos. Entretanto, a queda de nível foi rápida após a glória e, nas últimas três temporadas, a pontuação do clube na tabela do descenso é a pior com certas sobras.

Na segunda divisão, a expectativa é que o Argentinos Juniors honre uma das principais características de sua história. Deixe de lado os medalhões de qualidade duvidosa em que apostou nos últimos tempos e volte a apostar em suas categorias de base. Afinal, o clube lançou Diego Maradona, Sergio Batista, Claudio Borghi, Fernando Redondo e Juan Román Riquelme não pode negar seu DNA revelador.

É difícil imaginar que o raio cairá pela segunda vez no Argentinos Juniors, mas não custa nada ao clube investir em seus garotos. A observação de talentos é cada vez mais ferrenha, com a concorrência incomparável dos europeus. Se não é possível descobrir um ‘novo Maradona’, que o sonho permita pelo menos o surgimento de um craque que leve os colorados de volta à primeira divisão já na próxima temporada. Se isso acontecer e ainda render algum dinheiro aos cofres do clube, a satisfação já estará garantida.

E, para enfatizar esse caráter revelador do Argentinos Juniors, nada melhor do que recordar os grandes lances do garoto Maradona com a camisa vermelha: