Se Leicester for campeão inglês, é um feito maior do que o Nottingham Forest de Clough?

Para Tony Pulis, técnico do West Brom, conquista do Leicester seria maior do que a do Forest de Clough em 1978

A liderança do Leicester na Premier League depois de 27 jogos surpreende muita gente, inclusive o próprio clube e o seu técnico, o italiano Claudio Ranieri. Ganhar um título sendo um time tão distante financeiramente dos mais poderosos é um feito raro de se encontrar em ligas nacionais, especialmente quando o sistema de disputa é o de pontos corridos. Tony Pulis, técnico do West Bromwich, considera que um eventual título do Leicester será um feito ainda maior que a conquista do Nottingham Forest de Brian Clough, nos anos 1970.

LEIA TAMBÉM: Exemplo dado: clube da segundona inglesa usa dinheiro da TV para diminuir preço dos ingressos

Na temporada 1977/78, o Forest de Clough conquistou o título da então primeira divisão, surpreendendo todo mundo. Não por acaso. Na temporada anterior, o Forest de Clough ficou em terceiro lugar na segunda divisão para conquistar o acesso. Ganhar o título logo no primeiro ano na primeira divisão era algo inesperado. O Forest ainda foi além: ganhou não só o título inglês naquela temporada de 1977/78, como foi bicampeão europeu em 1978/79 e 1979/80. Um bicampeonato histórico e raro. Ainda mais se pensarmos que o time tem mais títulos continentais do que nacionais.

Só que o Leicester está na liderança da Premier League, a liga mais rica do mundo, com alguns dos times mais ricos do planeta competindo. A diferença financeira já existia naquela época, nos anos 1970. O Liverpool, por exemplo, era um time muito mais forte e mais rico que o Forest, mas acabou sendo vice-campeão. O Everton também era mais rico e mais forte e ficou em terceiro lugar. Curiosamente, o Manchester City, ainda forte naquela época, foi o quarto colocado naquele ano. Arsenal e West Bromwich completaram a lista dos seis primeiros, que iam para competições europeias.

Curiosamente, o último colocado da primeira divisão no ano do título do Nottingham Forest foi o Leicester. Justamente quem pode repetir o feito de desbancar os grandes times e levantar a taça da liga nacional. E, para Tony Pulis, técnico do West Bromwich atualmente, o feito seria ainda maior justamente porque o contexto é ainda mais complicado para os times menores.

“A divisão entre os grandes clubes e todo o resto é enorme. Daria a todos esperança. Você quer ver o azarão ir bem”, afirmou Pulis à rádio BBC 5. “Seria maravilhoso, uma conquista maravilhosa. Eu espero que isso aconteça”, declarou ainda o treinador.

Quando se falou em Nottingham Forest, o técnico não titubeou. “Eu acho que seria grande assim”, disse. “Mas era diferente na época. A divisão não era tão grande quanto é hoje entre os que têm e os que não têm. A Premier League não é o lugar, então você provavelmente teria que colocar esse feito à frente”, declarou ainda o técnico do West Bromwich.

Ranieri, técnico do Leicester, segue colocando outras equipes à frente da sua como favoritas ao título, ainda que os Foxes é que liderem a tabela. “Todo mundo está falando do Leicester, mas ninguém fala do Tottenham”, disse. “O Tottenham é, na minha opinião, o favorito. Quando eles defendem e quando eles atacam, eles sabem o que querem. Nós somos a surpresa, isso é fantástico, uma boa energia, mas se formos realistas, os reais competidores são Manchester City, Arsenal e Tottenham”, analisou Ranieri.

Muita gente espera que você esteja errado, Claudio, e acabe a Premier League como campeão. Inclusive Tony Pulis.