Dúvida para as semifinais da Euro, Bastian Schweinsteiger assegurou que está pronto para enfrentar a Itália nesta quinta-feira. O volante da seleção alemã passou a sentir dores no tornozelo após a vitória sobre a Grécia nas quartas de final e corria o risco de não ser titular na partida decisiva.

“Estou 100% em forma. Não estava bem após o jogo contra a Grécia, mas treinei duas vezes desde então. Estou olhando para frente, pensando no jogo contra a Itália”, afirmou o meio-campista, em coletiva de imprensa.

Schweinsteiger respondeu as críticas de Andrea Pirlo, que afirmou que a Alemanha temia a Itália: “Eu não sei o que Pirlo disse. Ele é um jogador experiente e sabe o que ele pode dizer. O respeito está aí. Se você não tem respeito, é um estúpido. A Itália é uma grande nação, com um grande passado. Eu penso que podemos bater um grande oponente. Há muito respeito, mas não medo”.

Em contrapartida, o alemão elogiou o maestro italiano e declarou que gostaria de jogar ao seu lado no Bayern Munique: “Vários jogadores teriam capacidade de jogar no Bayern, mas pessoalmente eu gosto da forma como Pirlo joga. Ele tem 33 anos, é preciso ressaltar, mas a forma com que ele tem atuado no torneio é fantástica”.

Por fim, o volante destacou a parceria com Sami Khedira na seleção: “Ele está jogando bem. Aprendeu muito no Real Madrid e se tornou um jogador mais forte. Ele é excelente, ajudando tanto no ataque quanto na defesa. Precisaremos estar bastante entrosados para o jogo contra a Itália”.