Bastian Schweinsteiger pediu mais respeito à seleção alemã, diante das críticas recentes recebidas pelo time. Apesar da falta de títulos, o meio-campista exaltou os desempenhos recentes do Nationalelf, que ficou entre os quatro melhores nas últimas três Copas e duas Eurocopas.

“Durante a Euro 2012, ão perdemos um ponto sequer nas eliminatórias, vencemos times de primeiro nível em nosso grupo e, em seguida, perdemos somente um jogo. Eu acho isso uma pena. Nem sempre é justo, mas assim que aconteceu. As outras equipes também têm metas e não é fácil se manter vencendo”, apontou.

“Não penso que tudo é ruim. Poucos times podem apresentar uma sequência da Alemanha. Penso que estão perdendo um pouco de respeito conosco. Não está escrito que temos que vencer todos os jogos”, completou.

Schweinsteiger também comentou o confronto com a Irlanda, próxima adversária nas eliminatórias: “Há uma sensação especial quando se joga em Dublin. A atmosfera é diferente, há algo de especial. Tivemos a alegria de jogar lá há cinco anos e foi difícil vencer. Seria ótimo conseguir os três pontos, mas eles contam com um time duro e um ótimo técnico”.

A Alemanha enfrenta os irlandeses na próxima sexta-feira, quatro dias antes de encontrar com a Suécia em Berlim. A equipe treinada por Joachim Löw lidera o Grupo C das eliminatórias, com duas vitórias em dois jogos.