O São Paulo venceu o Fluminense por 2 a 1, neste sábado (27), no Maracanã, e emplacou sua segunda vitória seguida no Brasileirão. Um triunfo muito bem recebido por cair do céu, em um lance aos 47 do segundo tempo em que o VAR entrou na jogada e conferiu ao Tricolor paulista um pênalti que o árbitro, Anderson Daronco, não havia visto inicialmente – e bastante polêmico.

O jogo começou com pouca criatividade, e levou 20 minutos para que viesse a primeira finalização. Quando veio, no entanto, já mexeu no placar. Reinaldo arriscou um chute forte de longe, e Muriel aceitou: mão fraca na bola, rede balançando. O São Paulo fazia 1 a 0. Uma ducha d’água fria ao torcedor que pediu a escalação do goleiro após a falha de Agenor contra o Vasco.

Aos 30 minutos, Pedro perdeu ótima chance em bola levantada na área, chutando torto, à esquerda do gol de Volpi. O Flu seguiu a pressão, criando chances na busca pelo empate e aproveitando o recuo do São Paulo, satisfeito com o resultado momentâneo, e a igualdade no placar veio aos 36 minutos. Marcos Paulo encobriu o goleiro, a bola bateu na trave e voltou livre para Yony González, sozinho, empurrar para o gol e empatar em 1 a 1.

Pelo mostrado ao longo do segundo tempo pelas duas equipes, o Fluminense poderia perfeitamente sair do duelo com a vitória, especialmente pelo volume de criação pela esquerda, com um perigoso Marcos Paulo, de 18 anos, dando trabalho à defesa são-paulina. González, por volta dos 30, acertou o travessão em cabeçada potente.

O empate em si já bastava para tirar momentaneamente o Flu do Z4, mas então o VAR interveio no resultado do jogo. Após cruzamento na área carioca e finalização de Éverton, a bola tocou na mão de Allan, e, após checagem no vídeo, Daronco assinalou o pênalti. Cobrado e convertido por Reinaldo.

A torcida do Fluminense inevitavelmente reclamará da marcação do árbitro, já a do São Paulo, ainda que sem motivos para tirar grande satisfação da atuação, comemora a primeira vez desde a segunda rodada que o Tricolor conquista duas vitórias consecutivas neste Brasileirão. Resultado que faz o time saltar mais na tabela, alcançando provisoriamente o G4 – o Atlético Mineiro, que enfrenta o Goiás neste domingo, ainda pode superá-lo até o fim desta 12ª rodada.