Santos Laguna e Monterrey farão a final da Liga dos Campeões da Concacaf. Os dois mexicanos garantiram a vaga nesta quinta-feira, ao eliminarem o Toronto e o Pumas, respectivamente. A final entre mexicanos prova a força do país no continente.

Desde 2005, ao menos um time mexicano chega à final da Concachampions. Naquele ano, o Deportivo Saprissa sagrou-se campeão em uma final contra o Pumas. Em 2004, última vez que um mexicano não decidiu o título, os costa-riquenhos Alajuelense e Deportivo Saprissa decidiram o título.

Depois de um empate no Canadá, o Santos precisava de uma vitória para avançar à decisão. O Toronto sabia que precisaria de um empate com ao menos dois gols ou então vencer o jogo. Por isso, atacou os mexicanos no estádio Corona. E aos 15 minutos, abriu o placar com João Plata. Herculez Gomez, aos 31, marcou o gol de empate dos mexicanos. O final do primeiro tempo foi emocionante. Aos 43, o Toronto voltou a ficar em vantagem com mais um gol de Plata. Só que aos 47, Herculez Gomez marcou novamente e voltou a empatar o jogo.

Se o primeiro tempo foi equilibrado, a segunda etapa teve amplo domínio dos albiverdes. Aos 11 minutos, Juan Pablo Rodríguez marcou de pênalti o gol da virada. Aos 19, mais um pênalti e mais um gol de Rodríguez. Aos 21, Oribe Peralta já garantia a classificacação e a goleada. O gol de Daniel Ludueña, aos 47, foi apenas para consagrar o melhor time em campo: 6 a 2.

O time que lidera o Clausura mexicano irá decidir a Liga dos Campeões da Concacaf pela primeira vez em sua história. O adversário será o atual campeão, Monterrey.

Os rayados já tinham vencido por 3 a 0 e estavam com a mão na vaga na final. Bastava não acontecer um desastre no estádio Olímpico Universitário, na Cidade do México. E, mais do que isso, o time visitante ainda surpreendeu. Ángel Reyna briu o marcado para os rayados aos 35 minutos do primeiro tempo.

O Pumas, então, precisava de uma vitória por 5 a 1 para se classificar, uma vez que tomou um gol em casa. O máximo que a equipe foi conseguiu foi o empate. Aos 26 minutos do segundo tempo, José Antonio García marcou o gol de empate.Vaga garantida e o atual campeão irá tentar o bi.

Os dois jogos da final serão disputados nos dias 17 de abril no estádio Tecnológico, em Monterrey, e no dia 24 de abril, semana seguinte, no estádio Corona, em Torreón