O Real Madrid não tem mais um técnico interino. Santiago Solari foi efetivado como treinador da equipe até o final da temporada. As regras da liga espanhola dizem que os clubes podem ter técnicos interinos apenas por 15 dias e, portanto, era preciso tomar uma decisão, que os merengues escolheram tomar. Como interino, foram quatro jogos e quatro vitórias. Segundo confirmaram a ESPN internacional e o Marca, o novo contrato de Solari foi enviado à Real Federação Espanhola de Futebol na manhã desta segunda.

LEIA TAMBÉM: O Real Madrid superou as adversidades e contou com Benzema inspirado para derrotar o Celta

Solari venceu os jogos contra Melilla, Valladolid, Viktoria Plzen e Celta. Os resultados são ótimos, com quatro vitórias, embora seja importante pontuar que os adversários são de nível baixo e não dá para ter uma avaliação definitiva. Os jogos mais importantes, e mais difíceis, a ainda estão por vir. Há um ponto que é favorável a Solari também: nunca um técnico do Real Madrid venceu seus quatro primeiros jogos à frente da equipe. Um pouco de sorte também conta.

Manter Solari como técnico até o fim da temporada é uma medida que dá um pouco mais de fôlego para a diretoria do Real Madrid. O clube terá menos problemas de um relógio apertando as decisões, obrigando a diretoria a ter que ceder em caso de um técnico candidato ao cargo fazer muitas exigências. Pensando em contratar um jogador apenas para a próxima temporada, será possível negociar com calma e avaliar com tranquilidade, algo que será necessário pensando no perfil que o time espera.

Para todos os efeitos, Solari é agora treinador do Real Madrid e tentará repetir os feitos do último a subir do time Castilla para o principal: Zinedine Zidane, com quem jogou na primeira época galáctica. Zidane assumiu durante a temporada 2015/16 e conquistou a Champions League, algo que repetiria nos dois anos seguintes, além de ganhar também um título de La Liga em 2016/17.

Com gols a favor e dois gols contra em quatro jogos, o Real Madrid parece ter recuperado parte da confiança. Os desafios começarão a ficar maiores e os jogadores precisarão dar ainda mais respaldo ao jovem treinador, de apenas 42 anos. O Real Madrid é o sexto no Campeonato Espanhol, quatro pontos atrás do líder Barcelona. Atual tricampeão da Champions League, o time lidera o Grupo G e enfrenta a Roma no próximo dia 27 de novembro, na Itália.

Com a atual situação, Solari tem um enorme desafio à sua frente. Primeiro, em buscar tirar a diferença para o Barcelona no Campeonato Espanhol. Segundo, em fazer o time continuar sendo competitivo e fazer jus a ser um dos favoritos ao título na Champions League, até pelo que fez nos últimos anos. O desempenho do time, em campo, precisará melhorar muito. Os resultados, ao menos, já começaram a melhorar.


Os comentários estão desativados.