Mohamed Salah foi artilheiro das últimas duas edições da Premier League e se aproximou dos líderes Jamie Vardy e Pierre-Emerick Aubameyang ao marcar dois gols, nesta quarta-feira, na 30ª vitória do Liverpool no campeonato, por 3 a 1, sobre o Brighton.

Os 30 triunfos igualaram o total da temporada passada, quando os Reds ficaram em segundo lugar, e estão a dois da maior marca da era moderna do Campeonato Inglês, alcançada pelo Manchester City duas vezes seguidas, em 2017/18 e 2018/19.

Foi, segundo a Fifa, o time mais rápido a somar 30 vitórias na história da primeira divisão da Inglaterra.

Salah estourou em sua primeira campanha pelo Liverpool, com 44 gols, mas tem mantido uma média impressionante ao longo de três anos, com 94 tentos em 148 jogos, e mais 36 assistências que levam sua contribuição a quase um gol a cada partida disputada.

Com 36 pontos e ninguém em fase particularmente boa abaixo dele, a permanência do Brighton na Premier League está muito bem encaminhada e contribuiu para um jogo em que nenhum dos dois times tinha muito interesse no resultado e, neste caso, acabou tornando-o mais aberto.

O Liverpool, porém, parecia ter um ponto a provar depois de ser goleado pelo Manchester City e fazer uma partida fraca contra o Aston Villa. Começou a 200 kms/h, pressionando a saída de bola do adversário, que tenta construir o jogo desde a defesa, mas sem muita qualidade para fazer isso.

Naby Keita se destacou nesse exercício roubando a bola e tocando para Salah no primeiro gol e depois interceptando no meio-campo. Firmino emendou para Salah que deixou para Henderson bater de fora da área e ampliar para o campeão inglês. Keita deu uma bela arrancada, aos 13 minutos, e deixou Salah na cara do gol. O chute, porém, parou no goleiro Ryan.

Depois da pressão inicial, o Brighton abriu suas asinhas e teve duas situações à queima-roupa barradas por Neco Williams e Alisson, com Leandro Trossard e Neal Maupay, respectivamente, antes de Trossard descontar, nos minutos finais da etapa inicial, com um bonito chute de primeira em cruzamento de Tariq Lamptey.

Dan Burn perdeu uma chance muito clara depois do intervalo, e Klopp restaurou seu time titular com as entradas de Robertson, Mané e Fabinho. A vitória acabou sendo selada em cobrança de escanteio de Robertson, à qual Salah se antecipou na primeira trave para desviar de cabeça.

Chegou a 19 gols pela Premier League, um a menos que Aubameyang, do Arsenal, e a três de Jamie Vardy, do Leicester, e tem esse objetivo pessoal para as últimas quatro rodadas. O coletivo do Liverpool é tentar superar os 100 pontos do Manchester City. Faltam três vitórias.

.

.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

.

.