O primeiro tempo da vitória do Liverpool por 2 a 1 contra o Leicester foi estranho para Mohamed Salah. O egípcio que se converteu em uma máquina de gols com a camisa vermelha perdeu duas chances claras, quase na pequena área. Chances que o torcedor não estava acostumado a vê-lo perder nesta temporada. Mas, com o decorrer da partida, Salah encontrou a sua pontaria e marcou os dois gols da virada do Liverpool. E dois belos gols.

LEIA MAIS: O Liverpool finalmente contratou um zagueiro: Van Dijk não resolve, mas ajuda bastante

Entre os buracos no elenco do Liverpool, estava o que precisava ser preenchido por um atacante que conseguisse passar da marca dos 20 gols por temporada. O último a conseguir foi Luis Suárez. Desde então, o maior artilheiro foi Philippe Coutinho, na última temporada, com 14. Não existe mais esse buraco. Salah chegou a 23 gols em 29 partidas por todas as competições, e 17 em 21 rodadas da Premier League.

Os outros buracos, como já foi falado o bastante, estão na defesa, e pelo menos um deles será de Virgil Van Dijk, zagueiro do Southampton contratado por £ 75 milhões na última quinta-feira. E ele não pode entrar no time rápido o suficiente. Mais uma vez, o sistema defensivo do Liverpool falhou e permitiu que o Leicester abrisse o placar. Matip errou o passe na saída de bola, Robertson furou no corte, e Mahrez cruzou para Vardy abrir o placar.

Para ser justo, depois desse lance, a defesa do Liverpool cedeu muito pouco para o Leicester. Apenas um arremate para fora. Enquanto isso, o ataque começou a empilhar chances perdidas. Duas delas foram com Salah, que, de frente para o gol, tentou evitar o bloqueio da defesa e mandou para fora.  Em seguida, entrando pela direita, tocou colocado para tirar o goleiro e exagerou no efeito.

Mané chegou a marcar duas vezes em posição de impedimento e não fez uma grande partida. Mas foi dele o brilhante passe de calcanhar para Salah, que entrou na área costurando e bateu para empatar. No gol da virada, ganhou no corpo de Maguire, muito mais forte, girou, entrou na área e fechou a boa vitória do Liverpool.

.