Um dos grandes nomes do Liverpool nesta temporada, Sadio Mané deu uma entrevista curiosa ao jornal Marca, da Espanha. O atacante, de 26 anos, está com a seleção de Senegal, pela qual jogou no sábado e volta a campo nesta terça-feira. Jogador do Liverpool, Mané tem se destacado em campo com gols e boas atuações e revelou que não gosta muito de vida noturna, de sair para casas noturnas, mas também não gosta de jogar videogame. O senegalês tem uma trajetória longa no futebol e parece gostar muito da profissão que escolheu e consegue realizar.

VEJA MAIS SOBRE FUTEBOL DA ÁFRICA

“Meus pais não entendiam por que eu gostava de jogar futebol”, contou o atacante ao jornal Marca, nascido em Sédhiou, cidade onde viveu os primeiros anos da sua vida. Foi jogando descalço, em campos com gols marcados por pedras, que ele começou a sua trajetória de jogador. Em termos de trajetória profissional, ele começou quando foi para Dakar, seu primeiro clube. Foi de lá que ele foi para a Europa pela primeira vez, para a França, onde assinou pelo Metz, em 2011.

Depois de menos de duas temporadas defendendo o Metz, Mané foi contratado pelo Red Bull Salzburg, no fechamento da janela de transferências, em agosto de 2012. Custou € 4 milhões aos austríacos. Foram duas temporadas na equipe, com a conquista de dois Campeonatos Austríacos. No segundo deles, na temporada 2013/14, Mané foi pela última vez a uma discoteca. Foi a comemoração do título austríaco junto com o resto do elenco. “Nunca fui a uma festa por minha conta. Nunca me passou pela cabeça. Se não dou tudo o que tenho para ser um bom jogador, nunca conseguirei”, contou o jogador.

Como Mané não é um adepto da vida noturna, você pode imaginar que o negócio dele sejam programas mais caseiros e, por exemplo, videogame, uma diversão muito comum entre os jogadores. “Nunca gostei. Nunca joguei. Acho que é algo que te rouba o tempo. Eu não quero perder o meu tempo por nada”, afirmou o atacante do Liverpool.

Mané é muito comprometido com o seu país. Depois de conseguir realizar o sonho de ser jogador de futebol, Mané prometeu devolver uma parte do que ganhou com o esporte para a sua comunidade. Em 2018, o jogador doou € 200 mil para a construção de uma escola na sua terra, um centro educativo em Bambali.

Depois do sucesso no Red Bull Salzburg, Mané foi contratado pelo Southampton em 2014, com os ingleses pagando € 23 milhões pelo senegalês. Em 2016, o Liverpool pagou € 41,2 milhões pelos serviços do jogador, que vestiu inicialmente a camisa 19 e nesta temporada veste a camisa 10, depois da saída de Philippe Coutinho, em janeiro de 2018.

Pelo Liverpool, Mané tem sido muito importante. São 38 jogos até aqui com 20 gols marcados e quatro assistências. O Liverpool está em primeiro lugar na Premier League no momento, com 76 pontos em 31 jogos, um a mais que o segundo colocado, Manchester City, que tem 74 pontos.

Nesta data Fifa, Mané ajudou Senegal a terminar as Eliminatórias da Copa Africana de Nações (CAN) com vitória por 2 a 0 sobre Madagascar, terminando em primeiro lugar no Grupo A. A seleção se classificou para a CAN, junto com Madagascar. A CAN 2019 será realizada no Egito e o sorteio dos grupos será no dia 12 de abril. O torneio começa no dia 21 de junho. Antes disso, nesta terça-feira, Senegal faz um amistoso com Mali, em Dakar.