A Atalanta não vence a Juventus desde 2001 pela Serie A. Até esta quarta-feira, os bianconeri acumulavam 23 vitórias e quatro empates no período.  No entanto, a Dea dificultou bastante a vida da Velha Senhora em temporadas recentes, com dois empates por 2 a 2 nas duas últimas partidas pela liga em Bérgamo. E o Estádio Atleti Azzurri d’Itália parecia pronto a ver um final diferente desta vez. Com um jogador a mais desde o início do segundo tempo, o time de Gian Piero Gasperini virou o placar, comandado por Duván Zapata – em excelente fase no novo clube. O problema seria segurar Cristiano Ronaldo. O craque saiu do banco e, novamente, cravou o 2 a 2 no marcador. A invencibilidade dos turineses na Serie A está mantida.

Massimiliano Allegri preferiu poupar alguns de seus principais jogadores em Bérgamo. Cristiano Ronaldo, Blaise Matuidi e Miralem Pjanic começaram no banco. Enquanto isso, a lista de desfalques incluía ainda Juan Guillermo Cuadrado, Federico Bernardeschi e João Cancelo. O começo do jogo deu tranquilidade à Juventus. Logo aos dois minutos, Berat Djimsiti falhou miseravelmente na tentativa de desviar um cruzamento de Alex Sandro e anotou um gol contra patético.

 

Com a vantagem no placar, a Juve quase ampliou com Rodrigo Bentancur, mas logo a Atalanta cresceria. Começou a pressionar a meta de Wojciech Szczesny e a criar mais chances. O empate merecido aconteceu aos 24 minutos. Duván Zapata fez um baita trabalho de centroavante. De costas para o gol, preparou o pivô em cima de Leonardo Bonucci e, ao girar, deixou o zagueiro no chão. Então, da entrada da área, encheu o pé e acertou o canto da meta juventina. E, mesmo que o ímpeto tenha diminuído, o colombiano ainda quase ampliou antes do intervalo.

A situação da Juventus se complicou ainda mais aos sete minutos. Bentancur foi expulso, ao receber o segundo cartão amarelo. Já aos 11, Zapata deu a virada à Atalanta. Szczesny já tinha salvado sua equipe no mano a mano diante de Timothy Castagne e, depois de cobrança de escanteio que ninguém conseguiu afastar, o centroavante apareceu na pequena área para cumprimentar. A situação delicada levou Allegri a acionar seu banco de reservas. Nos minutos seguintes, Pjanic e Cristiano Ronaldo entraram em campo, substituindo Douglas Costa e Sami Khedira.

A partir das mudanças, o jogo ficou mais aberto. A Atalanta teve suas chances de marcar, mas Cristiano Ronaldo se tornaria realmente o salvador da Velha Senhora. O gol saiu aos 33 minutos. Após cobrança de escanteio de Pjanic, Mario Mandzukic desviou no segundo pau e o artilheiro estava na pequena área, pronto para fuzilar. O empate deixava a partida ainda mais indefinida. E, no final, os bianconeri ficaram mais próximos da virada. Cristiano Ronaldo deu um passe a Mandzukic que a zaga afastou na hora exata, atrapalhando o croata livre na área. Já nos acréscimos, ainda houve um gol anulado de Bonucci, realmente impedido. De qualquer forma, por aquilo que se apontava, o empate já era ótimo aos visitantes.

A Juventus chega aos 50 pontos na liderança da Serie A. Está nove pontos à frente do Napoli, que enfrenta a Internazionale nesta quarta. Este foi o segundo empate do time de Massimiliano Allegri em 18 rodadas. Já a Atalanta tenta se aproximar da zona de classificação às copas europeias. Ocupa a sétima posição, com 25 pontos, a três do G-6.


Os comentários estão desativados.