Romarinho se transferiu ainda jovem para o Oriente Médio e não foi daqueles jogadores que apenas aproveitaram a mudança para encher os bolsos. O atacante fez a diferença enquanto defendeu o El Jaish, do Catar, sempre aparecendo entre os principais artilheiros do campeonato e ajudando seu time a brigar pela classificação à Liga dos Campeões da Ásia. O sucesso permitiu que o brasileiro subisse um degrau nesta temporada, contratado para ser a estrela do Al-Jazira no Mundial de Clubes. E o camisa 31 vai cumprindo sua missão em Abu Dhabi. Depois de marcar o gol da classificação contra o Auckland City, também foi decisivo para colocar sua equipe nas semifinais, com o triunfo por 1 a 0 sobre o Urawa Red Diamonds.

Depois de um primeiro tempo em que os dois times poderiam ter marcado, o talento de Romarinho fez a diferença logo no início da segunda etapa. O brasileiro deu uma enfiada de bola primorosa entre os zagueiros, para que Ali Mabkhout saísse na cara do gol. Diante do arqueiro, o camisa 7 não perdoou. O emiratense, aliás, é outro nome que merece atenção. Terceiro maior artilheiro da história da seleção de seu país, marcou 33 gols em 25 partidas na última edição da liga nacional, e nesta temporada tem sete tentos em sete rodadas. A sequência da partida, no entanto, foi dominada pelo Urawa. Foram várias chances de gol desperdiçadas pelos japoneses, com direito a uma bola na trave aos 44 minutos. Ao final, os anfitriões comemoraram.

É difícil imaginar que o Al-Jazira dê trabalho ao Real Madrid, levando em consideração as dificuldades claras que os emiratenses apresentaram contra Auckland e Urawa. Ainda assim, o time da casa já está bastante satisfeito em enfrentar os merengues, alcançando as semifinais. As expectativas estão cumpridas. Romarinho, por sua vez, eleva sua reputação. Sai valorizado do Mundial e pode fazer ainda mais, caso consiga aprontar algo contra os espanhóis – ou na provável decisão do terceiro lugar. E por aquilo que já acompanhamos de sua carreira aqui no Brasil, a pressão de um jogo grande não será problema ao atacante. Quem sabe, pode até dar outra guinada à sua carreira.