A Roma prestou belo tributo a dois torcedores que faleceram enquanto voltavam do estádio

Pai e o filho de sete anos morreram após a partida contra o Bayern e foram lembrados nas camisas dos 11 titulares neste sábado

A semana esteve longe de ser boa para a Roma. Depois da acachapante derrota para o Bayern de Munique por 7 a 1, os giallorossi empataram por 0 a 0 contra a Sampdoria em Gênova e podem deixar a Juventus abrir quatro pontos de vantagem na liderança da Serie A. O desgosto pelos resultados, porém, não é nada diante da dor que uma família romanista sofreu ao longo dos últimos dias. Na volta para casa após um jogo da Champions, um acidente de carro vitimou Stefano e Cristian De Amicis, ambos torcedores do clube. Pai e filho, de apenas sete anos.

Stefano chegou a trabalhar como segurança no Estádio Olímpico. Em memória dos dois torcedores, os jogadores da Roma entraram em campo com camisas estampando as suas fotos. Já a torcida da Samp levou faixas em apoio à família dos adversários. As homenagens continuarão na próxima quarta-feira, quando a Roma recebe o Cesena na capital. Os jogadores levarão flores para a Curva Sud, onde Stefano e Cristian costumavam torcer, enquanto será respeitado um minuto de silêncio. Enorme respeito por quem amava o clube.

striscione_deamicis