O Derby della Capitale é sempre um jogo que movimenta as torcidas de Roma. O duelo entre Lazio e Roma acabou com vitória da Roma por 2 a 0, graças a dois gols dos seus meio-campistas, que aproveitaram erros da defesa azul celeste e branca. Aliás, este é um dos méritos do time, que se mantém na disputa pelo título junto a Juventus e Milan. Mais do que isso, era uma disputa por posição, porque os dois times estavam separados por um ponto – uma vantagem da Roma que agora aumentou para quatro.

LEIA TAMBÉM: Liverpool vencia por 3 a 1 e tomou uma virada insana do Bournemouth

No começo do jogo, a Lazio foi quem esteve melhor, especialmente nos 20 primeiros minutos. Foram três tentativas da Lazio, com Ciro Immobile e Senad Lulic. Aos 29 minutos, o jogo quase entrou em ebulição. Bruno Peres invadiu a área e caiu depois de um toque de Lucas Biglia, capitão do time laziale. O árbitro demorou, mas acabou marcando pênalti, aparentemente auxiliado pelo árbitro atrás do gol. O problema é que o lance foi bem discutível e no limite da área. Ele acabou voltando atrás e marcou falta fora da área. Como não pareceu falta, na verdade o árbitro errou duas vezes. Para sorte do jogo, o lance não deu em nada.

No segundo tempo, a Roma passou a dominar as ações. Teve duas boas chances com Kostas Manolas, em um cruzamento de Radja Nainggolan. Depois, em nova jogada de Nainggolan, Dzeko foi quem cabeceou, mas Marchetti defendeu. A melhor chance da Lazio foi com Immobile, que foi bloqueado por Manolas em um contra-ataque.

O gol saiu de uma entregada monstruosa. O zagueiro brasileiro Wallace tentou sair jogando com um drible sobre Strootman. Perdeu a bola e o holandês teve categoria para tocar por cima do goleiro, aos 19 minutos. Na comemoração, o jogo quase foi tomado por cenas lamentáveis. Strootman bebeu água na lateral e jogou um pouco em Cataldi, que estava na reserva da Lazio, de pé. O laziale reagiu puxando com orça a camisa do romanista e a confusão foi armada. O árbitro expulsou Cataldi e deu amarelo a Strootman.

O segundo gol veio novamente de uma falha da Lazio. Em contra-ataque, Nainggolan conduziu a bola e chutou de muito longe. Marcchetti pareceu não acreditar e demorou uma década para pular na bola, que acabou entrando. Eram 32 minutos e o gol acabou minando as expectativas de empate dos torcedores.

De Rossi, novamente fundamental na Roma

Entre os destaques positivos, vale falar sobre Daniele De Rossi. O capitão da Roma teve mais uma grande atuação no meio-campo, com o sistema de três zagueiros. Ele era o marcador do time por ali e manteve o equilíbrio, deu boa saída de bola e mostrou o quanto é uma peça-chave do time. Depois de momentos ruins na temporada passada, o volante tem se mostrado um jogador de alto nível, aos 33 anos – algo que fazia com que houvesse desconfiança sobre o seu futuro.

As estatísticas mostram que De Rossi é um jogador que faz a Roma jogar. É o líder em interceptações do time, além de ser o segundo jogador com mais desarmes no time, atrás apenas de Strootman. A diferença é que o holandês faz em média duas faltas por jogos, enquanto o capitão romanista faz apenas 0,5. De Rossi ainda é o líder do time em passes por jogo e passes longos por jogo.

Declarações racistas de Lulic contra Rudiger

O destaque negativo foi Senad Lulic. O bósnio deu entrevista ao final do jogo para o canal de TV Mediaset Premium e falava sobre as provocações do clássico. “Rudiger estava nos provocando mesmo antes do jogo. Dois anos atrás ele estava vendendo meias e cintos em Stuttgart, agora ele age como se fosse um fenômeno”, afirmou o jogador da Lazio.

Ele se referia ao fato de imigrantes africanos serem ambulantes por toda Europa. A Alemanha, país de Rudiger, é um dos lugares que mais recebe imigrantes na Europa. Ele é nascido e criado na Alemanha, não é um imigrante.

Com a declaração polêmica, Lulic foi procurado para se desculpar pelas declarações. O bósnio se recusou. “Pessoas brancas vendem meias também”, disse. Um absurdo sem tamanho que merece punição não só da própria Lazio, mas da liga italiana e da Uefa. Ele não só falou no calor do jogo como reafirmou depois.