Entre idas e vindas, e numa casa diferente da habitual, Rogério Ceni se reencontrou com a torcida do São Paulo neste sábado. O treinador voltou ao Fortaleza a tempo de enfrentar o clube onde se erigiu como lenda nos tempos de goleiro. E, embora o duelo não tenha acontecido no Morumbi, por conta de um show, o Pacaembu serviu de digno palco à festa dos tricolores ao eterno ídolo. Imagens gigantes de Ceni surgiram nas arquibancadas, enquanto os são-paulinos ovacionavam o veterano. Cena belíssima, a quem representa tanto ao clube.

A explosão do Pacaembu aconteceu no momento em que Rogério entrou no gramado e se dirigiu ao banco de reservas. A torcida gritava o seu nome e aplaudia calorosamente o treinador. O clássico cântico ao “melhor goleiro do Brasil” ressurgiu. Enquanto isso, Ceni retribuía os aplausos e se mostrava visivelmente emocionado, mesmo segurando as lágrimas. Enquanto a Dragões da Real ergueu um bandeirão com a imagem do veterano cobrando uma falta, também ressurgiu o desenho do mosaico exibido no Fortaleza x São Paulo do primeiro turno.

“Pra mim, é muito legal estar no futebol quatro anos depois de encerrar minha carreira como jogador e ser recebido dessa maneira, por pessoas a quem você trabalhou e lutou durante 25 anos. Agora, numa nova casa que também me recebeu muito bem. Sou muito grato ao torcedor. São praticamente os dois times em que trabalhei a vida inteira. Só tenho a agradecer ao futebol”, declarou Rogério Ceni, na beira de campo.

Quando a bola rolou, o São Paulo não seria tão receptivo assim a Rogério Ceni, com a vitória por 2 a 1. Os paulistas abriram o placar com Pablo, aos 13 minutos, completando de cabeça a falta cobrada por Daniel Alves. O primeiro tempo chegou a ser paralisado por causa de um enxame de abelhas que se concentrou na bandeira de escanteio, o que esfriou o bom começo de partida dos são-paulinos. Já aos 38, Wellington Paulista empatou ao Fortaleza em cobrança de pênalti. Antony perdeu boas chances de anotar o segundo e Tiago Volpi também precisou trabalhar na etapa complementar, com o Leão do Pici ameaçando nos contragolpes. O gol da vitória saiu aos 33, com Igor Gomes. Tchê Tchê deu um bonito tapa, Antony cruzou e o substituto foi às redes.

O São Paulo chega aos 39 pontos, ocupando provisoriamente a quinta colocação. Já o Fortaleza é o 14°, com 25 pontos, seis acima da zona de rebaixamento. O mais valioso da tarde, de qualquer maneira, é a veneração renovada a Rogério Ceni.

Classificações Sofascore Resultados