Andy Robertson descobriu que um garotinho chamado Alfie Radford, torcedor do Liverpool, doou a sua mesada para um banco de alimentos da cidade e decidiu que ele merecia um presente por ter demonstrado tanta solidariedade. Enviou para a criança uma carta e uma camisa autografada dos Reds. Mas não a dele.

LEIA MAIS: Em seu possível adeus da Champions, Casillas viu sua lenda engrandecida por Anfield

Robertson pediu o uniforme que Roberto Firmino usou em uma das partidas do time de Jürgen Klopp nesta temporada para presentear o garoto. “Vamos ser honestos, Alfie: ninguém quer a camisa do lateral esquerdo. Por isso, eu pedi a do Bobby. Espero que esteja ok”, disse, com uma honestidade brutal.

Este é um assunto pelo qual Robertson se interessa. Em 2015, quando estava no Hull City há um ano, pediu que sua família e amigos fizessem doações para um banco de alimentos da Escócia, onde nasceu, em vez de comprar presentes para ele. Levantou aproximadamente £ 500 com a iniciativa. “Eu estou ok e decidi que não preciso de presentes. Eu estava tentando pensar em algo especial para fazer e meus pais surgiram com a ideia de ajudar o banco de alimentos de East Renfrewshire. Não é longe de onde eu cresci, eles fazem um trabalho fantástico e eu sei que ajudam muitas pessoas”, disse, segundo o Scottish Daily Record.

O lateral esquerdo do Liverpool, que chegou ano passado e ganhou a posição no meio da temporada, exaltou na carta o gesto do pequeno Alfie. “Eu me lembro o quanto era importante ter dinheiro no bolso na sua idade e como havia centenas de coisas que dava para comprar com ele”, escreveu. “É incrível que você o tenha doado para pessoas que estão passando por momentos difíceis e precisam de alguma ajuda. É brilhante da sua parte e estabelece um exemplo para o resto de nós, de que se importar um pouco com os outros é realmente importante”.

Em sua primeira temporada pelo Liverpool, Robertson já atuou 19 vezes, 16 pela Premier League. E foi titular de 15 das últimas 16 rodadas da liga inglesa.