O Liverpool anunciou a contratação do atacante Roberto Firmino, do Hoffenheim, por uma bolada: € 41 milhões, segundo a BBC. O atacante de 23 anos chega credenciado pelo excelente desempenho pelo clube alemão. Foram 47 gols em 151 jogos atuando na Bundesliga, mas a responsabilidade será maior que os números. Ele é a segunda contratação mais cara da história do clube, atrás apenas de Andy Carroll, contratado por € 50 milhões em 2011. Ele chega em um momento que um dos destaques do time de Brendan Rodgers na temporada deve deixar o clube: Raheem Sterling, que não renovou seu contrato e deve ser vendido para Manchester City ou Chelsea, dois interessados. E a contratação de Firmino não só pode substituir a qualidade de Sterling, como pode melhorar o time.

LEIA TAMBÉM: Gerrard doou sua coleção para o Liverpool fazer um museu sobre o seu eterno capitão

A contratação de Firmino é um bom sinal para o Liverpool. Apesar do alto dinheiro gasto, Firmino parece uma excelente aposta. Vem sendo cotado por muitos times há algum tempo. O mais recente interessado foi o Manchester United, que parecia mais próxima de contratá-lo, mas o Liverpool fechou antes. Tem o drible e a velocidade que Sterling trazia ao time, mas tem outra característica melhor que o inglês: a finalização. É capaz de chutar mais vezes e melhor a gol. Perde em relação à dar opções de lado de campo, já que ele não costuma ficar aberto muito tempo.

Firmino é um jogador versátil, que pode atuar tanto como meia, pelo centro ou pelos dois lados, quanto como atacante, embora pareça se sentir mais confortável nesta última posição. Durante a temporada, atuou 27 vezes como meia centralizado (75% dos jogos). Nesta posição, fez seis gols e nove assistências. Foi onde teve a sua melhor classificação média pelo site Who Scored (7,89). Atuou como atacante por três vezes, duas vezes como meio-campista do lado esquerdo e uma vez como um meio-campista centralizado.

Não é um centroavante, algo que o time ainda precisará, mas pode atuar no lugar de Raheem Sterling, se ele for mesmo vendido ao Manchester City, como é especulado – e uma proposta de € 70 milhões estaria sendo preparada pelo clube de Manchester, o que tornaria impossível que os Reds recusassem.

Suas grandes características são o drible, passes em profundidade e contribui bastante na marcação, algo sempre apreciado em jogadores de ataque, porque ajudam a dar corpo ao time. Não fez a sua melhor temporada pelo Hoffenheim em 2014/15, com 36 jogos disputados, 10 gols marcados e 12 assistências. Na Bundesliga, foram 33 jogos, sete gols e 10 assistências. A sua melhor temporada foi a anterior. Em 2013/14, Firmino disputou 37 jogos pelo Hoffenheim e marcou 22 gols, além de 16 assistências.

Embora tenha um bom número de gols, esta não é a sua principal característica. Deve disputar posição na linha de três meias que o Liverpool se armou algumas vezes. Se jogar com uma linha de quatro na defesa e usar o 4-2-3-1, o técnico Brendan Rodgers deve ter James Milner e Jordan Henderson como volantes, Adam Lallana, Philippe Coutinho e Roberto Firmino como meias e Daniel Sturridge como atacante. Isso, claro, considerando que Sterling deve mesmo deixar o clube.

Firmino é a quinta contratação do Liverpool na temporada. Antes dele, foram contratados o zagueiro Joe Gomez, do Charlton (€ 4,8 milhões), de 18 anos; James Milner, meio-campista de 29 anos, que veio de graça do Manchester City; Danny Ings, atacante de 22 anos que também veio de graça do Burnley; e Ádám Bogdán, goleiro de 27 anos que veio do Bolton, também de graça. Destes todos, Firmino é sem dúvida quem chega com maior expectativa e o único que claramente chega para jogar e ser titular.