Robben: “Não deveríamos ter deixado isso acontecer”

Atacante criticou o próprio desempenho do time, que foi derrotado em casa e classificou às quartas de final pelos gols fora de casa

A derrota do Bayern Munique por 2 a 0 para o Arsenal foi uma surpresa, inclusive para os jogadores e da comissão técnica do time. O ponta Arjen Robben, o lateral Philipp Lahm e o técnico Jupp Heynckes foram bastante críticos em relação ao desempenho do time, deixando claro que precisam melhorar e ficar mais atentos.

“Nós não deveríamos ter deixado isso acontecer. O Arsenal não tinha nada a perder. Nós deveríamos ter lutado mais. Talvez isso tenha sido para nos acordar”, analisou Robben. Para o capitão Philipp Lahm, o time precisa melhorar. “A Liga dos Campeões é uma competição dura quando você não está 100% focado. Nós simplesmente falhamos em marcar gols. Nós temos que melhorar. Isso está muito claro”, disse o jogador da seleção alemã.

O técnico Jupp Heynckes, o time não conseguiu ser preciso nas finalizações. “Nós temos que olhar para esse jogo de uma forma muito crítica. O gol cedo do Arsenal foi obviamente o que eles estavam esperando. Nós tivemos as melhores chances nesse jogo, mas nos faltou precisão e nós não fomos calmos como normalmente somos”, analisou o treinador.