Depois de oito anos defendendo o Manchester City, Yaya Touré foi liberado, ao fim do seu contrato, e acertou o retorno para o Olympiacos, pelo qual passou por uma temporada em 2005/06, antes de ir para o Monaco. Isso foi no começo de setembro. Nesta terça-feira, porém, o clube anunciou a “rescisão amigável” do vínculo do marfinense de 35 anos, após apenas cinco jogos.

LEIA MAIS: Doze anos depois, Yaya Touré volta ao Olympiacos e já sente toda a paixão da torcida grega

 

Não há notícias de problemas físicos. Ele apenas não vinha sendo utilizado pelo treinador português Pedro Martins, na relativamente fraca campanha do clube no Campeonato Grego. Heptacampeão nacional entre 2010 e 2017, o Olympiacos está apenas na terceira posição, a oito pontos do Paok.

Yaya Touré entrou em campo apenas duas vezes pela liga grega. Somou nove minutos entrando no segundo tempo contra o AEK Atenas na sexta rodada e, na partida seguinte, foi titular contra o Crete. Mas acabou substituído no intervalo. Ele ainda tem dois jogos na Liga Europa, contra o Milan e o Dudelange, além de outro pela Copa da Grécia, contra o Levadiakos, quando foi inclusive o capitão do time.

São 222 minutos no total. Nenhum gol. Nenhuma assistência. “Yaya é e continua sendo um importante membro da família Olympiacos, que marcou uma parte central da história do clube”, afirmou a agremiação, em uma nota oficial. “O Olympiacos gostaria de agradecê-lo por tudo que ofereceu ao clube. Ele continua profundamente devoto ao clube deseja muito sucesso ao Olympiacos. Yaya vai embora como um amigo e as portas do Olympiacos estarão sempre abertas para ele. Nossos caminhos com certeza se cruzarão novamente”.

Atuando ao lado de Rivaldo no meio-campo, Yaya Touré contribuiu para a conquista da dobradinha de títulos gregos (liga e copa), em 2005/06, antes de ser vendido para o Monaco e, na sequência, ao Barcelona, pelo qual ganhou a Champions League. No Manchester City, conquistou três vezes a Premier League e foi eleito quatro vezes o melhor jogador africano da temporada.


Os comentários estão desativados.