Paco Alcácer foi contratado porque o Borussia Dortmund precisava de um atacante, e a janela de transferências estava se fechando. Outros foram procurados, mas, no fim, chegou o atacante que poucos minutos conseguia jogar pelo Barcelona. Por enquanto, tem sido muito melhor do que a encomenda. Neste sábado, Alcácer mais uma vez saiu do banco de reservas para assegurar os três pontos para o Dortmund, na vitória por 2 a 0 sobre o Freiburg.

Não é à toa que o Dortmund já indicou sua vontade de tornar o empréstimo de Alcácer permanente, pagando os € 23 milhões pedidos pelo Barcelona. Este foi o décimo gol marcado pelo jogador espanhol em oito rodadas da Bundesliga. Contando todas as competições, ele tem 11 tentos em 11 partidas.

E há uma curiosidade: Alcácer tem se especializado em ser o substituto que causa impacto. Dos seus dez gols pelo Campeonato Alemão, nove saíram a partir do banco de reservas. O único que foge a essa regra foi na goleada por 4 a 0 contra o Stuttgart, quando o jogador foi titular, mas foi trocado por Maximilian Philipp, no intervalo.

Por isso, Alcácer tem uma média de gols por minuto sensacional. Ele coloca uma bola na rede a cada 28 minutos em campo pela Bundesliga. E ele não precisou de mais do que isso para matar a partida contra o Freiburg.

O Dortmund controlou o primeiro tempo e abriu o placar, aos 40 minutos, com Marco Reus cobrando pênalti. O Freiburg chegou a acertar a trave antes do intervalo e foi à frente na etapa final, sem levar tanto perigo ao goleiro Bürki.

Nos acréscimos, Jadon Sancho, em sua sétima rodada seguida como titular, fez uma linda jogada para encontrar Piszczek pela direita da grande área. A assistência encontro Alcácer, que fechou o placar de mais uma vitória do líder do Campeonato Alemão.