O Lille foi vice-campeão francês na última temporada e, como todo clube médio, seu sucesso não passou impune. Muitos jogadores importantes foram embora e o dinheiro foi usado para reconstruir o elenco. O nome mais famoso foi o de Renato Sanches, em certo momento uma das grandes promessas do futebol mundial. Nesta sexta-feira, o meia português de apenas 22 anos fez o seu primeiro gol pelo clube na vitória nervosa por 2 a 1 sobre o Montpellier.

Ikoné abriu o placar para os donos da casa, de pênalti, mas Andy Delort apareceu na segunda trave para empatar, a 16 minutos do fim. Quando o relógio marcou 39 minutos do segundo tempo, Renato Sanchez recebeu com liberdade pela esquerda, avançou até a área e abriu para a perna direita. Soltou um forte chute no canto de Gerónimo Rulli e marcou o segundo do Lille, em seu 17º jogo pelo clube.

O goleiro argentino ainda defendeu um pênalti de Victor Osimhen, e o Lille segue em outra boa campanha. Está em terceiro lugar, antes de todo o resto da rodada do fim de semana, e quatro pontos à frente do Rennes, que tem duas partidas a menos. Faz a melhor campanha em casa na temporada, com 26 pontos em dez jogos. Em 2018/19, ficou atrás apenas do PSG (43 pontos versus 53).