Ninguém pegou tantos pênaltis na liga espanhola quanto Diego Alves nos últimos 25 anos. Antes de enfrentar o Celta de Vigo, neste sábado, o goleiro do Valencia estava empatado com Cañizares, mas o Celta anda com dificuldades para fazer gols, mesmo da marca do cal. A cobrança de Fabian Orellana parou nas mãos do brasileiro, que chegou a 14 defesas de penalidade na sua carreira em La Liga.

LEIA MAIS: Muito talento individual em um coletivo fortíssimo: e, assim, o Real voltou a vencer

Seu currículo diante do chute de 11 metros é realmente impressionante. Esse foi o 37° pênalti que cobraram contra Diego Alves na Espanha, contando todas as competições, e ele defendeu 17. Marcaram 18, um foi para fora e o outro ficou no travessão, segundo dados do Mister Chip.

Alguém poderia muito bem argumentar que é muito fácil impedir que o Celta faça um gol. O time estava a 665 minutos sem balançar as redes quando o árbitro fez a bola rolar com o apito. A marca chegou a 725, mas o mesmo Orellana empatou contra o Valencia, aos 16 minutos do segundo tempo.

Menos mal para os donos da casa que, mesmo com a seca, estão na nona colocação na tabela. O empate por 1 a 1 levou o Valencia a 35 pontos, na quarta posição, mas o Sevilla, com dois jogos a menos, tem 33 e pode ultrapassá-lo se vencer um deles.

Veja a defesa de Diego Alves: