Reencontros e definições de vagas europeias estão entre os destaques do fim de semana

Início do Brasileirão também tem seus pontos altos e baixos, e, na Argentina, o River prepara-se para jogo com o Boca na Libertadores encarando o Racing

Itália, Alemanha e Inglaterra já conheceram seus campeões com rodadas de antecedência. Juventus, Bayern de Munique e Chelsea se sobressaíram em relação aos concorrentes e levaram cada um seu respectivo caneco, mas isso não significa que a emoção na parte de cima da tabela já terminou nesses campeonatos. Times brigam pelas últimas vagas em competições europeias, o que, com todo o dinheiro que uma participação na Champions pode render, é imprescindível para um futuro a médio prazo um pouco mais tranquilo. Em outros lugares, como na Espanha e na Bélgica, os jogos derradeiros definirão quem fica com o que, e a disputa está bastante aberta.

VEJA TAMBÉM: Confira a programação de TV atualizada

A Europa não é o único lugar para jogos bons nos próximos dois dias, e Argentina e Brasil também trazem seus duelos interessantes. Lá na terra dos nossos vizinhos, duas equipes de Libertadores medem força, mas pelo torneio nacional, em duelo que pode dar o ânimo necessário para as oitavas de final da disputa continental. Por aqui, o Brasileirão, mesmo sem pompa ou grande expectativa, dá seu pontapé inicial, e embora muitos times devam ir a campo com equipes mistas ou reservas, dá para se divertir também com pelo menos um confronto interessante. Chega de papo e vamos para os destaques em nosso roteiro para este final de semana.

O jogão

Real Madrid x Valencia
Sábado, 14h55 (ESPN Brasil)

Ganhar do Real Madrid na primeira metade da temporada era missão muito difícil. Impossível, podemos dizer, já que foi no período que a equipe manteve uma invencibilidade quase recordista de 22 vitórias consecutivas. Pela 17ª rodada de La Liga, quem teria a missão de parar os merengues era o Valencia. A dificuldade era tanta que os Murciélagos resolveram até preparar um vídeo motivacional para seus atletas e sua torcida. E não é que deu certo? A vitória por 2 a 1 para o time de Nuno Espírito Santo e a quebra da invencibilidade representaram uma mudança de paradigma para o Real Madrid, que viu o Barcelona emplacar uma série de vitórias com grandes atuações de seu trio de ataque e botar fogo na briga pelo título. Briga essa que ainda está muito viva, e, para manterem-se no páreo, os madridistas precisam da vitória neste sábado.

A dois pontos do Barça e com três rodadas a realizar no Espanhol, o time precisa fazer seus resultados, e contar com um tropeço do Barcelona não é um sonho tão distante, já que na rodada da próxima semana os catalães enfrentam o forte Atlético de Madrid. Passar pelo Valencia, no entanto, também não será moleza, já que, na quarta posição, os Murciélagos ainda não garantiram a classificação para a próxima Champions League.

O clássico

Anderlecht x Brugge
Domingo, 09h30

Depois de trinta rodadas da primeira fase do Campeonato Belga, seis equipes avançaram para os playoffs do título. Entre elas estão os rivais Club Brugge e Anderlecht, respectivamente segundo e terceiro colocados desta chave de definição. O Gent lidera, com um ponto a mais que o Brugge, mas pode perder a liderança dependendo do resultado deste domingo. Então, faltarão apenas três rodadas para o fim, e mesmo o Anderlecht mantém o sonho do título vivo, já que, com quatro pontos a menos que o Gent, ainda tem chances matemáticas de alcançar a conquista. Se depender do retrospecto nesta temporada, no entanto, o Brugge pode entrar confiante para o duelo fora de casa. Na primeira fase do Belgão, empataram os dois duelos por 2 a 2 e venceram os rivais na final da Copa da Bélgica, por 2 a 1, além de voltarem a batê-los já nesta fase de playoffs do Campeonato Belga, também por 2 a 1.

Fique de olho

Palmeiras x Atlético Mineiro
Sábado, 18h (Sportv)

Torcida do Palmeiras fa za festa no Allianz Parque (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)
Torcida do Palmeiras faz a festa no Allianz Parque (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

A reestruturação relâmpago sob a batuta de Alexandre Mattos e suas inúmeras cotnratações quase renderam ao Palmeiras um título logo em sua primeira disputa, pelo Paulistão. De maneira marcante, o time eliminou o Corinthians na casa do rival e só perdeu a taça do estadual para o Santos nos pênaltis, sendo que teve uma chance de ouro de deixar a conquista encaminhada no jogo de ida, quando dominou os santistas, mas não transformou em muitos gols todas as chances que teve – especialmente o pênalti desperdiçado por Dudu. Agora, volta as atenções para o Campeonato Brasileiro, e o adversário da primeira rodada será o Atlético Mineiro. É verdade que o Galo colocará em campo um time repleto de reservas, já que nosso calendário brilhante possibilita que o que deveria ser a grande festa do futebol nacional, como muito bem definiu Tim Vickery, vire segundo plano para as melhores equipes do país. Ainda assim, com o jogo no Allianz Parque e seu costumeiro bom público, com a equipe forte montada pelo Palmeiras e a presença de alguns nomes interessantes do lado mineiro, como o goleiro Victor, os meio-campistas Josué e Cárdenas e o atacante Maicosuel, é possível que tenhamos uma partida interessante de abertura da competição.

Olympique de Marseille x Monaco
Domingo, 15h55 (ESPN+ e Sportv)

De maneira bem frustrante, o Olympique de Marseille do Loco Bielsa caiu muito de rendimento na reta final da Ligue 1, mas isso não significa que não possa proporcionar um belo jogo diante do Monaco neste domingo. Afinal, matematicamente, as duas equipes ainda brigam pelo terceiro lugar do Francesão e pela consequente classificação à Liga dos Campeões. Com alguma sorte, a equipe do Principado pode até ir mais longe, desbancando o Lyon e ficando com o vice-campeonato. O que é bem difícil, para falar a verdade, já que os Gones têm uma pequena – mas real – possibilidade de tomar o título do PSG e farão tudo o que estiver a seu alcance para desafiar os parisienses.

Apenas na última rodada o Marseille deu fim a uma sequência de quatro derrotas na Ligue 1, que culminou no distanciamento dos outros times da ponta da tabela. Os comandados de Bielsa ainda têm chance de “salvar” a temporada, e, para isso, o triunfo sobre o Monaco é imprescindível. Nada apagará o gosto amargo de ver um início tão sensacional desmoronando e chegando ao ponto em que o time está agora, mas certamente será melhor lamentar a ausência da briga pelo título de 2014/15 estando na Champions League de 2015/16.

Lazio x Internazionale
Domingo, 15h35 (ESPN Brasil)

Assim como seu grande arquirrival, a Internazionale faz campanha apenas mediana, mas a temporada decepcionante pode ainda acabar com uma vaga na Liga Europa. Muito pouco para um time que há cinco anos vencia a Champions League, é verdade, mas os objetivos precisam ser adaptados à realidade, que hoje é de comemoração com a simples inclusão no torneio europeu secundário. Como a vida não anda fácil para os Nerazzurri, até isso é complicado, e contra a Lazio, neste domingo,  a vitória é obrigatória. A três pontos da Fiorentina, última das classificadas ao torneio continental, a Inter ainda terá pela frente na antepenúltima rodada a campeã Juventus, antes de dois duelos mais tranquilos contra Genoa e Empoli. Teoricamente, no entanto, é possível que os Laziale ofereçam maior resistência que os Bianconeri, já que brigam pelo vice-campeonato com a rival Roma e, em melhor fase nos últimos meses que os Giallorossi, confiam na realização do objetivo. Como peça importante para o duelo de domingo, o time de Milão terá Hernanes, que enfrenta o clube em que conquistou e foi conquistado pelos torcedores, no estádio em que tantas vezes ajudou a escrever vitórias para a Lazio. Um reencontro nada novo, mas ainda assim especial.

Vale uma zapeada

River Plate x Racing
Domingo, 18h10 (Fox Sports 2)

Depois da derrota por 2 a 0 para o Boca Juniors na rodada passada do Campeonato Argentino, o River Plate tomou a dianteira na disputa de oitavas de final da Libertadores contra o arquirrival, com um 1 a 0 brigado no Monumental de Núñez. Diante da aparente superioridade do Boca, é importante então emplacar uma sequência de resultados que leve o time embalado para o jogo de volta, na Bombonera, na próxima quinta-feira. E que duelo melhor pelo nacional do que contra o Racing, segundo melhor argentino na fase de grupos da competição continental? Para conquistar a vitória e também seguir de perto o Boca, que lidera o Argentino, o time precisará segurar o time de Bou e Milito e ser efetivo lá na frente, como foi nas conquistas do ano passado. Um triunfo imponente neste domingo pode ser a diferença entre um time cheio de confiança ou de hesitação para o duelo seguinte que definirá quem vai às quartas da Libertadores.

O reencontro

Barcelona x Real Sociedad
Sábado, 13h (Sports+)

Na mesma rodada em que o Real Madrid caía diante do Valencia e perdia sua sequência de vitórias, o Barcelona era derrotado pela Real Sociedad, no País Basco. Para os culés, no entanto, o revés prenunciava dias muito mais duros. A suposta rixa entre Messi e Luis Enrique ganhou as páginas dos jornais, e o fato de o técnico ter segurado Neymar e o argentino no banco por tanto tempo naquela partida no Anoeta não ajudava. Aquele 1 a 0 no quarto dia do ano, no entanto, foi apenas a penúltima derrota do Barça no Espanhol. Desde então, talvez para dar uma resposta a grave crise que se desenhava, Messi voltou a jogar como em seus melhores tempos, Neymar desandou a balançar as redes, Suárez reencontrou seu faro de gol, e o trio passou a render, em conjunto, aquilo que muita gente desconfiava de que seria capaz. Quatro meses depois, os times se encontram, no Camp Nou, com o Barcelona como atual melhor time da temporada europeia. Será que o fantasma daquela derrota assombrará o time, ou a Sociedad já pode esperar um show do MSN e apenas buscar minimizar os danos?

O cara

Sergio Agüero
Manchester City x Queens Park Rangers
Domingo, 9h20 (ESPN Brasil e Fox Sports)

Sergio Agüero cumprimenta o técnico Manuel Pellegrini (AP Photo/Bogdan Maran)
Sergio Agüero cumprimenta o técnico Manuel Pellegrini (AP Photo/Bogdan Maran)

O Manchester City foi uma das decepções europeias da temporada. Uma campanha que se iniciou com a renovação de diversos contratos e a chegada de nomes que em teoria terminariam de lapidar um elenco já forte termina agora com especulações de debandada geral e a conformidade da briga apenas pela segunda colocação. No meio disso tudo, no entanto, a reta final insossa dos Citizens tem uma exceção, um motivo para comemoração: Agüero. O argentino continua fantástico e capaz de definir partidas com sua individualidade. Na semana passada, seu belo gol, batendo entre Lloris e a trave, deu ao time de Manchester a vitória por 1 a 0 sobre o Tottenham, em Londres. E é com ele que os Citizens contam para passar pelo QPR e ficar mais próximos da classificação direta à fase de grupos da próxima Champions League. E se tem alguém que sabe como brilhar contra os R’s, no Etihad, em jogo de reta final, esse alguém é Agüero, não é mesmo?

O brasileiro

Jonas
Benfica x Penafiel
Sábado, 12h55 (ESPN Brasil)

É difícil, mas o Benfica pode terminar a rodada deste fim de semana com o título português garantido com dois jogos de antecedência se vencer o Penafiel e o Porto perder para o Gil Vicente. Como os Dragões jogam em casa e o adversário é apenas o penúltimo colocado, a garantia da conquista dos Encarnados deverá ficar mesmo para a próxima semana. Mas isso não exime o time da obrigação da vitória em seu estádio, e Jonas é um dos grandes responsáveis por fazê-la acontecer. Missão que, dependendo de seu retrospecto nesta temporada de estreia pelo Benfica, não será difícil. O brasileiro é o vice-artilheiro do Campeonato Português, com 17 gols, contra 18 de Jackson Martínez, mas chegou ao número em 24 jogos, com uma média de 0,7 gol por partida, enquanto o colombiano precisou de 27 duelos para alcançar sua marca, com média de 0,66. Um dos destaques do iminente título benfiquista, Jonas conquistou a torcida em pouco tempo e tem agora sua maior chance de, depois de rodar tanto por tantos clubes, conseguir seu primeiro título de campeonato nacional.

Passe longe

Cruzeiro x Corinthians
Domingo, 16h

O atual bicampeão nacional enfrenta o time brasileiro de melhor campanha na fase de grupos da Libertadores. Duas equipes que, apesar de não reproduzirem em campo neste exato momento o status que essas definições trazem, ainda assim são personagens de um grande duelo. Pelo menos na teoria, porque o encontro pela primeira rodada do Brasileirão 2015 é uma representação perfeita de várias coisas erradas com o futebol no Brasil. Se o duelo de Palmeiras e Atlético Mineiro terá parte de seu brilho ofuscado por causa da Libertadores, o que dizer de Cruzeiro e Corinthians? Ambos com derrotas em seus jogos de ida na competição continental a reverter. Ambos, consequentemente, com times reservas para o duelo. Como se a perda de atração não fosse suficiente, a partida está marcada para Cuiabá, na Arena Pantanal. Uma prática de deslocamento do mando de jogo condenável, mas que encontra defesa se for o caso de conseguir atrair um grande público e gerar uma boa renda – o que não irá acontecer. Se você torce para um dos times, provavelmente ainda se sujeitará ao jogo, mas nós fortemente recomendamos que, em vez disso, aproveite o domingão com a família longe da TV.