Naldo não teve muito tempo para estabelecer seu nome no futebol brasileiro. Nascido em Londrina, o zagueiro foi revelado pelo extinto RS Futebol, clube de Paulo César Carpegiani famoso pela qualidade nas categorias de base. Ao se destacar, acabou levado pelo Juventude, onde participou de boa campanha no Brasileirão e logo mirou novos horizontes. Aos 23 anos, arrumou as malas. Mudou-se à Alemanha como uma aposta do Werder Bremen para o seu futuro. Mais de uma década depois, com passagens notáveis por três clubes de expressão do país, o agora veterano coloca seu nome definitivamente na história do futebol alemão. Somando 337 partidas, supera Zé Roberto como o brasileiro que mais entrou em campo na Bundesliga.

Entre os brasileiros mais bem sucedidos do Campeonato Alemão, muitos não conseguiram chegar ao estrelato no Brasil. Naldo é um desses exemplos. Por mais que observassem ali uma grande promessa, não caiu nas graças do grande público antes de buscar um novo rumo na carreira. Entretanto, como outros compatriotas, pode desfrutar do status de ídolo na Bundesliga. E, mais do que isso, sua trajetória no novo país foi tão sólida que o colocou no radar da Seleção. Graças ao que protagonizou na Alemanha, o defensor disputou quatro jogos pela equipe nacional, participando da conquista da Copa América de 2007.

Naldo fez parte de grandes times ao longo desses quase 13 anos na Bundesliga. Titular absoluto do Werder Bremen por cinco temporadas, conquistou a Copa da Alemanha e a antiga Copa da Liga, embora as campanhas de maior relevo não tenham terminado em taça. Aquela equipe dos Verdes era candidatíssima à Salva de Prata, mas precisou se contentar com dois vice-campeonatos, além da derrocada que terminou com o terceiro lugar em 2006/07, quando o Stuttgart botou a faixa no peito. Além disso, o zagueiro ainda chegou a disputar uma final continental. Sempre presente na Liga dos Campeões durante a metade final da década, o Bremen passou pelo rival Hamburgo para chegar à decisão da Copa da Uefa de 2009. No entanto, sucumbiu ao Shakhtar Donetsk, em partida disputada em Istambul. Lesionado, Per Mertesacker foi desfalque sentido. Ao lado de Naldo, o alemão formou uma das duplas de zaga mais célebres do país nos últimos anos.

No primeiro semestre de 2010, a passagem de Naldo no Werder Bremen sofreu uma interrupção abrupta. Uma séria lesão no joelho tirou o zagueiro do time, assim como minou suas chances de ser convocado à Copa do Mundo de 2010. Voltaria apenas na temporada seguinte, mas sem o mesmo espaço no clube. Assim, entre os destinos possíveis, acabou vendido ao Wolfsburg por €3 milhões, um preço relativamente baixo. Pois o recomeço nos Lobos significou também seu reerguimento. Na Volkswagen Arena, o paranaense voltou a figurar entre os melhores zagueiros da Bundesliga. Ajudou a alavancar a equipe, que vinha de campanhas no meio da tabela, à histórica temporada de 2014/15 – vice do Alemão e campeã da Copa da Alemanha. Já em 2015/16, capitaneou os alviverdes na conquista da Supercopa da Alemanha e anotou dois gols no memorável triunfo sobre o Manchester United em Old Trafford, talvez o ápice na jornada até as quartas de final da Liga dos Campeões.

Por fim, na temporada passada, Naldo aproveitou o fim de seu contrato com o Wolfsburg para mudar de ares. Assinou com o Schalke 04, escolhido à dedo para ser a referência em um elenco repleto de jovens. O primeiro ano em Gelsenkirchen não foi tão auspicioso, tanto pela campanha morna dos Azuis Reais, quanto pela lesão que o tirou de boa parte do segundo turno. Recuperado para a atual temporada, o zagueiro de 35 anos relembra os seus melhores momentos de Bremen ou Wolfsburg. O veterano esteve em campo durante os 90 minutos em todas as 20 partidas do Schalke na liga. Domina a defesa e também oferece sua contribuição ofensiva, com cinco gols – incluindo o quarto no incendiário empate com o Borussia Dortmund no Signal Iduna Park. Não à toa, é o melhor zagueiro do campeonato (e sexto, no geral) conforme a tradicional pontuação elaborada pela revista Kicker, que ranqueia o desempenho individual dos jogadores. Também figura a dupla de zaga ideal do WhoScored, baseado em estatísticas.

O jogo do recorde, neste sábado, foi bastante emblemático a Naldo. Ele não apenas superou Zé Roberto, como também auxiliou o Schalke 04 a derrotar o Stuttgart fora de casa por 2 a 0. Manteve a defesa protegida e contribuiu no ataque, abrindo o placar aos 14 minutos. Terminou eleito o melhor jogador da rodada, em escolha promovida pela própria Bundesliga. E, ao site da competição, Tite ainda declarou que o veterano continua no páreo por uma das vagas à Copa do Mundo. Embora sua convocação pareça pouco provável, não deixa de soar como um elogio.

“Estou pronto se o Brasil me chamar. Tenho esperanças e um dos quatro lugares no miolo de zaga continua em disputa. Eu defendo um clube muito grande e estamos tendo sucesso. Nossos jogos são vistos regularmente no Brasil. Assim, meu sonho de retornar à Seleção continua”, vislumbrou o defensor. Vale lembrar que o último amistoso antes da convocação final à Copa acontece justamente na Alemanha, visitando o Nationalelf em Berlim.

Naldo pode não contar com a vitalidade de outros tempos. Mais experiente, entretanto, conhece os atalhos do campo e também as particularidades da Bundesliga como poucos. Além disso, continua como um defensor excepcional no jogo aéreo e na capacidade técnica. Considerando que ainda tem um ano e meio de contrato com o Schalke 04, não será surpreendente se ultrapassar os 351 jogos Halil Altintop e Levan Kobiashvili, se tornando o segundo estrangeiro com mais partidas na história da Bundesliga, atrás apenas de Claudio Pizarro – que acumula 435 no total. Neste momento, de qualquer forma, o foco do brasileiro é outro: manter os Azuis Reais no Top 4 e recolocá-los na Liga dos Campeões após três anos de ausência. Enquanto isso, se puder cavar um pouco mais o seu lugar na história e receber as considerações de Tite, melhor.

Abaixo, as estatísticas de Naldo na Bundesliga e os 25 brasileiros com mais jogos na competição, segundo o site Transfermarkt:


Os comentários estão desativados.