Real Madrid leva goleada de virada do Valencia com histórica tripleta de pênaltis de Carlos Soler

Valencia e Real Madrid fizeram um jogo para o livro dos recordes por um motivo curioso: pela primeira vez na história, três pênaltis foram assinalados em uma só partida contra os Merengues. Responsável pelas cobranças, Soler não desperdiçou suas chances, assinalou uma tripleta e deu a vitória de virada aos Murciélagos por 4 a 1 no Mestalla.

[foo_related_posts]

Preferido por Zidane em detrimento de Ferland Mendy, Marcelo foi titular na lateral esquerda e começou bem sua jornada, dando passe para um golaço de Karim Benzema, que de fora da área acertou o ângulo esquerdo superior de Jaume Domenèch para fazer 1 a 0 aos 23 minutos do primeiro tempo. Mais pra frente, o brasileiro participaria ativamente de outro gol, mas ao conceder pênalti para o Valencia.

Os donos da casa responderam cerca de dez minutos depois. Lucas Vázquez tentou interceptar cruzamento e tocou a bola com o braço. O pênalti foi marcado, e Soler foi para a cobrança. O meia parou em defesa de Courtois, acertou a trave no rebote, e Musah, na terceira tentativa, mandou para a rede. No entanto, o lance foi invalidado por invasão na área, Soler cobrou novamente e, desta vez, converteu.

O VAR voltou ao serviço antes do intervalo aos 43 minutos, quando Varane tentou cortar um cruzamento, mandou para o alto e viu ela cair sobre a linha do gol. A checagem por vídeo mostrou a bola ultrapassando a linha, e o gol contra do francês foi confirmado.

O Valencia começou o segundo tempo com a mesma energia com que terminou o primeiro e, logo aos dois minutos, quase ampliou para 3 a 1 em chute forte, de longe, de Lee Kang-in, desviado por Courtois e que carimbou a trave. Aos seis minutos, após boa jogada dos donos da casa dentro da área, Gayà tocou para Maxi Gómez, e o uruguaio foi derrubado por Marcelo. O pênalti foi marcado, Soler bateu no canto esquerdo e balançou a rede, mesmo com Courtois acertando o lado.

O Real Madrid tentou responder e, aos 11, Valverde forçou Domenèch a boa defesa após chute forte de fora da área. No rebote, Vinícius Júnior teve a chance de diminuir, mas mandou por cima do gol.

Ainda aos 14 minutos da segunda etapa, em dividida entre Sergio Ramos e Musah, o zagueiro espanhol tocou na bola com o braço esquerdo, e o terceiro pênalti foi assinalado. Carregando consigo a confiança das cobranças anteriores, Soler foi para a bola, escolheu o mesmo canto, assim como Courtois, mas venceu o belga e converteu para definir sua tripleta.

O Real Madrid não conseguiu reagir, e, mesmo com mais de 30 minutos restantes, o placar parou em 4 a 1. O resultado igualou em saldo as duas piores derrotas de Zidane no comando de Real Madrid (3 a 0 para o Barça em 2017 e 3 a 0 para o PSG em 2019). O Valencia ainda se tornou a segunda equipe a marcar quatro gols em um só jogo contra o Real de Zizou depois da Real Sociedad, que venceu os Merengues por 4 a 3 em fevereiro deste ano.

Com a derrota, o Real Madrid desperdiçou a oportunidade de alcançar a segunda colocação, estacionou em 16 pontos no quarto lugar e vê agora o arquirrival Atlético de Madrid, terceiro colocado, poder abrir quatro pontos de vantagem quando tiver a mesma quantidade de jogos que os Blancos.

Classements proposés par SofaScore LiveScore