Quase. Após levar uma humilhante goleada por 6 a 1 do Zaragoza na partida de ida, o Real Madrid derrotou o rival no Santiago Bernabéu por 4 a 0 com gols de brasileiros. Por pouco, o time merengue não passou para as finais do torneio. Se tivesse balançado as redes mais uma vez, o time teria conseguido a façanha.

O Real Madrid começou a partida dando a impressão de que seria muito fácil reverter o resultado. O time marcou três gols em menos de dez minutos de bola rolando. Com um minuto de jogo, Cicinho pegou uma sobra de um escanteio e chutou de longe para abrir o placar.

Três minutos depois, Robinho fez o segundo ao aproveitar uma sobra de bola. Ronaldo tentou driblar um adversário, mas a bola escapou e o companheiro de ataque não desperdiçou a chance par bater rasteiro. Aos nove, Beckham cruzou da direita e Ronaldo se atirou para marcar o terceiro.

O Zaragoza não conseguia sair da forte pressão dos donos da casa. Aos 20, Zidane perdeu duas chances para fazer o gol, mas foi impedido pelo goleiro César. O Real Madrid baixou a pressão, sem deixar de dominar o rival. Os visitantes, recuados na defesa, faziam de tudo para deixar o tempo correr.

Na segunda etapa, os anfitriões chegaram ao quarto gol aos 15 minutos, em uma bomba de Roberto Carlos. Com mais um gol, o Real Madrid sairia classificado. O Zaragoza tratou de ameaçar o gol de Casillas e chegou a marcar com Ewerthon. Porém, o árbitro anulou o lance em virtude de um impedimento inexistente do atacante.

Ronaldo finalizou duas vezes com perigo. Na primeira, chutou por cima; na segunda, César defendeu e garantiu o Zaragoza na final da Copa do Rei. Agora, a equipe espera a partida de volta entre La Coruña e Espanyol, ainda sem data marcada, para conhecer o adversário na decisão.