O meio-campista Ravel Morrison está sendo investigado pela Football Association por conta de supostos comentários homofóbicos feitos no twitter. O jogador de 19 anos foi vendido pelo Manchester United ao West Ham na última janela de transferências.

Morrison teria usado termos homofóbicos ao responder outro usuário do microblog. O atleta explicou, em depoimento para a FA, que retrucou ofensas racistas feitas por torcedores do United, que teriam ficado descontentes com sua transferência. O meia tem até o dia 17 de fevereiro para se manifestar junto à federação.

Formado nas categorias de base do Manchester United, Morrison foi alçado ao time principal em 2010. Nesta temporada, o jogador fez duas partidas pelo time principal dos Red Devils, ambos pela Copa da Liga, mas ainda não estreou pelo West Ham.