No mesmo dia em que o Bayern Munique conquistou a Liga dos Campeões e confirmou a vaga no Mundial de Clubes de 2013, a competição internacional confirmou outro participante. O Raja Casablanca conquistou o Campeonato Marroquino pela 12ª vez e representará o país-sede na próxima edição do torneio. Monterrey e Auckland City também já tinham carimbado o passaporte.

Tricampeão da Liga dos Campeões da África, o Raja irá para sua segunda participação em Mundiais. Então vencedor do torneio continental, os marroquinos disputaram a primeira edição da competição, em 2000. Entretanto, os Diabos Verdes têm péssimas recordações da viagem ao Brasil, acumulando três derrotas no grupo que também contava com Corinthians, Real Madrid e Al-Nassr.

Donos de um desempenho consistente ao longo da campanha, o time de Casablanca conquistou o Campeonato Marroquino com uma rodada de antecedência. O Raja derrotou o Difaâ El Jadida por 2 a 1 e contou com um empate do FAR Rabat para celebrar o título no Estádio Mohamed V.

Fundado em 1949, o Raja passou a dominar o cenário nacional a partir da década de 1980. Nas últimas cinco temporadas, o clube conquistou três vezes a liga e uma vez a copa. No entanto, falta um desempenho mais consistente nas competições continentais: nas últimas quatro participações na LC da África, os Diabos Verdes caíram três vezes nas preliminares e foram lanternas da fase de grupos (que reúne os oito melhores) em outra. Ao menos para passar pelo semiamador Auckland City e chegar entre os seis melhores do Mundial, o Raja não precisa de tanto esforço.