O Paris Saint-Germain teve uma sexta-feira bastante positiva na Ligue 1. Após o empate do Rennes na visita ao Dijon, o PSG goleou o Nîmes e assumiu a liderança provisória do campeonato. O placar de 4 a 0 parece até pequeno pela quantidade de chances criadas pelos parisienses, com 30 finalizações na noite e uma porção de chances claras. Kylian Mbappé e Pablo Sarabia foram bastante ativos para alargar o marcador, embora os novatos Alessandro Florenzi e Rafinha também tenham participado decisivamente no massacre.

Rafinha teve atuação ressaltada no triunfo do PSG. O meio-campista fazia sua estreia pelo clube, atuando na trinca central. E sem a parceria com Neymar ou Marquinhos, ambos ausentes por conta da Data Fifa, o novo reforço tratou de manter o moral dos brasileiros em Paris. Aos 12 minutos, Rafinha recebeu uma solada de Loïck Landre, que rendeu o vermelho direto ao adversário. E diante da pressão dos parisienses, um ótimo passe em profundidade do meia permitiu que Kylian Mbappé abrisse o placar aos 32.

Com a vantagem numérica, o PSG amassava o Nîmes. Os gols perdidos aconteciam aos montes, embora o goleiro Baptiste Reynet também colecionasse milagres. No segundo tempo, Florenzi chegou a acertar duas bolas nas traves. Mas caberia ao italiano o segundo tento, já aos 32, completando quase em cima da linha o arremate de Sarabia. Por fim, o espanhol impulsionaria a goleada. Sarabia deu o passe para Mbappé anotar o terceiro e se encarregou de fazer o quarto.

O Paris Saint-Germain chegou aos 15 pontos na Ligue 1, igualado ao Rennes. Entretanto, como possui melhor saldo de gols, assume a liderança. Os parisienses não fizeram um bom início de campanha, atrapalhados pela falta de uma pré-temporada adequada e pelos desfalques causados pela COVID-19. Mas, com cinco vitórias consecutivas, bastou dois tropeços do Rennes para que o time chegasse à ponta. Lille ou Lens, que se enfrentam no domingo, ainda podem ultrapassar o PSG na sequência da rodada.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore