A Liga dos Campeões é o grande torneio das estrelas do futebol. Somente a Copa do Mundo pode contar com tantos craques alinhados. E, mesmo sendo o torneio de clubes favorito para a consagração dos medalhões, também serve para revelar muitos talentos. No último ano, por exemplo, David Alaba, Marco Reus, Isco, Oscar e Raphael Varane se aproveitaram da oportunidade para crescer no cenário europeu. E, em 2013/14, a chance se renova para muitas outras promessas.

Nas próximas linhas, destacamos 15 jogadores que se prontificam para brilhar na Champions. A lista deixou de lado alguns jovens que já são figurinhas carimbadas, como Neymar, Julian Draxler e Paul Pogba, buscando nomes que não são tão conhecidos do público em geral – Bernard é a exceção. Dos escolhidos, alguns começam a surgir como protagonistas de seus times. Outros, tentam usar a LC como degrau para ganhar moral e tomar o posto de titular. Confira os nomes e fique de olho:

LEIA MAIS
– Champions já foi vilã das Copas, mas isso pode estar mudando
– Guia Trivela da Liga dos Campeões 2013/14

Bernard
Meia, 21 anos, Shakhtar Donetsk

Considerando os € 25 milhões pagos ao Atlético Mineiro, Bernard está acima da condição de promessa. Afinal, o ponteiro já foi protagonista na Libertadores e soma boas atuações com a seleção brasileira. A participação na Champions será importante, entretanto, para a afirmação do brasileiro na Europa, assim como aconteceu com Oscar na última temporada. Sofrer pressão em uma competição continental, ainda assim, não é novidade para o mineiro. Ao seu lado, Fred também pinta como promessa em Donetsk.

1983533_w1

Haris Seferovic
Atacante, 21 anos, Real Sociedad

O nome de Seferovic é conhecido para quem acompanha futebol de base. O atacante estourou com a seleção suíça no Mundial Sub-17 de 2009, eliminando o Brasil de Neymar e se sagrando campeã. Porém, o garoto nunca tinha repetido o sucesso com os clubes. Até chegar à Real Sociedad. Contratado pro € 3 milhões, após um bom primeiro semestre com o Novara, o suíço logo se tornou titular no ataque. É um centroavante de porte físico, mas também se movimenta bastante.

Emre Can
Volante, 19 anos, Bayer Leverkusen

Formado nas categorias de base do Bayern Munique, Emre Can era considerado o sucessor de Bastian Schweinsteiger na Allianz Arena. O prodígio recebeu algumas chances na campanha da Tríplice Coroa em 2012/13, mas sentiu-se sem espaço após a chegada de Pep Guardiola e acabou vendido ao Bayer Leverkusen, por € 5 milhões. Volante técnico, com ótima visão de jogo, também pode jogar em variadas posições no meio de campo.

Bruma
Atacante, 18 anos, Galatasaray

O maior investimento do Galatasaray na temporada foi em uma promessa. Os Aslanlar pagaram € 10 milhões no ponta da seleção portuguesa, protagonista do time no último Mundial Sub-20. E, antes disso, o jogador nascido em Guiné Bissau já tinha demonstrado seu valor ao ser um oásis na péssima campanha do Sporting no Campeonato Português. Jogador de velocidade, pode proporcionar uma variação tática importante ao técnico Fatih Terim.

Morata, atacante do Real Madrid (Foto: AFP PHOTO / JOSE JORDAN)

Álvaro Morata
Atacante, 20 anos, Real Madrid

Morata certamente não será titular do Real Madrid, mas poderá fazer estrago nas chances que receber. O espanhol foi um dos destaques no último Europeu Sub-21, aumentando suas expectativas sobre o espaço que ganharia com Carlo Ancelotti. Apesar da polivalência para jogar nas posições ofensivas, dificilmente será escalado como meia externo, onde mais atuava com José Mourinho. Entretanto, depois da venda de Gonzalo Higuaín, se coloca com reserva imediato de Karim Benzema.

Joel Campbell
Atacante, 21 anos, Olympiacos

Um nome para acompanhar de perto em ano de Copa do Mundo. Joel Campbell foi um dos protagonistas da Costa Rica na campanha rumo ao Mundial de 2014, um dos jogadores mais técnico do time. O talento de Campbell, porém, já é observado há tempos e rendeu um contrato com o Arsenal. Já é o terceiro empréstimo feito pelos Gunners. Depois de boa passagem pelo Betis, o atacante tem a chance de disputar a Champions pela primeira vez.

Lazar Markovic
Atacante, 19 anos, Benfica

O Partizan Belgrado se consagrou como dono de uma das melhores categorias de base da Europa. De lá, saíram Stevan Jovetic, Matija Nastasic e Adem Ljajic. E, confiando nesta excelência, que o Benfica pagou € 10 milhões por Lazar Markovic. O ponta de 19 anos logo se tornou titular e começou impressionando, com dois gols e uma assistência em três jogos pelo Campeonato Português. Ao seu lado, Filip Djuricic é outro prodígio sérvio buscando espaço nos encarnados. O novo camisa 10 marcou o primeiro gol na vitória sobre o Anderlecht.

Ahmed Musa
Atacante, 20 anos, CSKA Moscou

Musa começou a ganhar notoriedade no futebol europeu como ponta, mas foi transformado no artilheiro do CSKA Moscou. Mesmo com Seydou Doumbia à disposição, o jovem tem sido escalado como referência no ataque moscovita e faz bem a função, já que mesmo sem ter porte físico é o artilheiro do time. Também merece destaque pela experiência, campeão da Copa Africana com a Nigéria e somando 28 partidas pela seleção principal.

Salah comemora o primeiro gol do Basel no jogo

Mohamed Salah
Atacante, 21 anos, Basel

Poucos jogadores jovens são tão tarimbados quanto Salah. O atacante tem uma Olimpíada no currículo, é o artilheiro das Eliminatórias da Copa na África e possui 17 gols em 24 jogos pela seleção principal. Com tantos predicados, não é de se estranhar o protagonismo do egípcio no Basel. Contratado na temporada passada por € 2,5 milhões, foi uma verdadeira pechincha dos suíços. Nesta Champions, marcou três gols e deu uma assistência nas preliminares. Joga pelas pontas, mas não se furta em abusar dos dribles e avançar em diagonal para finalizar.

Max Meyer
Meia, 18 anos, Schalke 04

Julian Draxler não está sozinho. Se, aos 20 anos, o camisa 10 já é protagonista do Schalke e nome praticamente certo da Alemanha na Copa, pode encabeçar uma geração de ouro que pinta nos Azuis Reais. Meyer é dois anos mais jovem que seu companheiro e tão talentoso quanto. Formado no próprio clube, não sucumbiu à fogueira que entrou nas preliminares da LC e, por sua capacidade de também jogar aberto, é uma boa opção para o segundo tempo. Também vale observar Leon Goretzka, volante de 18 anos trazido do Bochum.

Jonas Hofmann
Meia, 21 anos, Borussia Dortmund

A fábrica de talentos do Borussia Dortmund não pode parar. E o próximo a despontar no Signal Iduna Park é Jonas Hofmann. O garoto ganhou algumas chances com Jürgen Klopp nas primeiras rodadas da Bundesliga e não decepcionou, decisivo principalmente na vitória sobre o Eintracht Braunschweig. Como prêmio, renovou seu contrato. A concorrência no setor é forte, mas Hofmann virou opção para o segundo tempo, jogando aberto com meia.

Thauvin foi um dos melhores da França no Mundial Sub-20  (AP Photo/Gero Breloer)

Florian Thauvin
Meia, 20 anos, Olympique de Marseille

Um dos protagonistas da França campeã do Mundial Sub-20, Thauvin causou polêmica na pré-temporada. O jogador de 20 anos havia assinado com o Lille recentemente, mas estava forçando sua saída para o Marseille. Melhor para os marselheses, que pagou € 15 milhões em um reforço considerável a sua já qualificada trinca de meias. Muito veloz, é um canhoto atípico, já que também possui boa capacidade com o pé direito.

Óliver Torres
Meia, 18 anos, Atlético de Madrid

Os cuidados com Óliver Torres no Vicente Calderón são máximos. O armador é considerado a maior revelação da base do Atlético de Madrid desde Fernando Torres e tenta protegê-lo das cobranças. Diego Simeone sabe disso e, depois de subi-lo aos poucos no time principal, o firmou como reserva imediato dos colchoneros. Como a contratação de Diego não deu certo, o espanhol ganha espaço para ser utilizado com maior frequência. Muito leve, possui uma visão de jogo privilegiada e habilidade para dribles curtos.

Quintero marcou seu primeiro gol pelo Porto em 30 segundos de Campeonato Português.

Juan Fernando Quintero
Meia, 20 anos, Porto

Não fosse a queda precoce da Colômbia, Quintero poderia muito bem ter concorrido à Bola de Ouro do Mundial Sub-20. O colombiano foi o destaque da primeira fase, o que aumentou as expectativas sobre sua chegada ao Porto, com quem já estava acertado. E o colombiano não poderia ter passado uma impressão melhor, com um golaço logo na estreia. Dono de um pé esquerdo preciso, tem tudo para se tornar titular e causar impacto de imediato.

Viktor Fischer
Atacante, 19 anos, Ajax

Durante muito tempo Viktor Fischer foi visto como um jogador de futuro no Ajax. E, depois de ser vice-campeão da NextGen Series, uma espécie de LC Sub-19, foi a hora de vingar com o time principal. Na temporada passada, o dinamarquês foi uma das maiores revelações do Campeonato Holandês, com 10 gols e cinco assistências na campanha do tri. Titular absoluto, combina técnica e força física, além de um grande senso de responsabilidade. Agora, está pronto para aparecer na Champions.