Girando nossa parabólica no futebol asiático miramos as semifinais da Liga dos Campeões da Ásia, o principal torneio interclubes do continente. Acontecerão os jogos de volta que definirá quem fará a final.

Uma das partidas é entre Urawa Red Diamonds, campeão japonês, e Seongnam Ilhwa Chunma, atual campeão sul-coreano. No primeiro jogo, deu empate (2 a 2) na Coréia do Sul.

No outro confronto, a sensação Sepahan, do Irã, encara o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, que é treinado por Ivo Wortmann, ex-Cruzeiro e Juventude. Os iranianos venceram a partida de ida por 3 a 1 em casa.
Dois confrontos que decidirão quem serão os grandes finalistas.
Abaixo, a sinopse das partidas!

Urawa Red Diamonds (Japão) x Seongnam Ilhwa Chunma (Coréia do Sul)

Este confronto no Saitama Stadium será um dos choques mais emocionantes do ano no futebol asiático. Nada mais do que o melhor time japonês contra o melhor dos rivais coreanos. Ambos são os atuais campeões nos seus países e estão invictos há quase dois meses.

Dos quatro semifinalistas o Urawa é o único que ainda não foi derrotado na competição. Com uma equipe experiente, de recorte técnico e ofensivo, os ‘Reds’ contam com um inspirado Tatsuya Tanaka vivendo ótima fase e os sempre decisivos brasileiros Robson Ponte e Washington como os ‘estandartes’ do time.
O Seognam Ilhwa Chunma dos atacantes Mota (ex-Cruzeiro e artilheiro do torneio com 7 gols) e Itamar (ex-Palmeiras) é uma máquina de fazer gols. Foi o time que mais venceu até aqui (6 vitórias) e estufou as redes adversárias 19 vezes.
O “Pegasus” aposta num ousado 4-3-3 para desestabilizar a defesa japonesa, que é liderada pelo brasileiro naturalizado nipônico Marcos Túlio Tanaka.
Espera-se recorde de público para esta partida.

Al Wahda (Emirados Árabes Unidos) x Sepahan (Irã)

Um jogo que promete fortes emoções, pois os ingredientes que apimentam essa partida são letais.

No jogo de ida, em solo iraniano, o técnico brasileiro Ivo Wortmann, do Al Wahda, afirmou que se sentiu desrespeitado pelo treinador rival Luka Bonacic. Além da hostilidade por parte dos torcedores locais, que arremessaram de tudo contra o banco do time árabe.

Rixas a parte, será o confronto entre a pior e a melhor defesa. O clube da terra dos aiatolás só sofreu 6 gols até aqui.

Com uma sólida defesa e um regente que organiza o jogo como poucos (Navidkia), o Sepahan aposta na velocidade do baixinho Mahmoud Karimi, autor de dois gols na vitória por 3 a 1 no Irã.

O Al Wahda, base da seleção dos Emirados Árabes, carece de talentos e dependerá da fanática torcida e da inspiração do excelente meia-atacante Ismael Matar para desequilibrar o confronto a seu favor.
Esse é um jogo onde quem melhor controlar suas emoções levará a melhor.

CURTAS

– IRAQUE
O astro iraquiano Hawar Mulla Mohammed, do Apollon Limassol, do Chipre, anunciou que assinará com o Arminia Bielefeld, da Alemanha, após o jogo de sua seleção contra o Paquistão, pelas Eliminatórias da Copa de 2010. A estréia oficial do meia-atacante pelo clube alemão deverá acontecer em 2008. Agrega um valor imenso ao futebol iraquiano ter um futebolista vivenciando uma liga ‘top level’…

– ARABIA SAUDITA
Acabou a série de 4 vitórias consecutivas nas primeiras quatro rodadas e 100% de aproveitamento do surpreendente Al Etiffaq na liga. O clube da cidade de Dammam, que têm um dos maiores portos do Golfo Pérsico, perdeu para o poderoso Al Ittihad por 1 a 0 com gol do meia Manaf Abushgeer. Agora o Al Ettifaq, que não ganha o campeonato saudita há exatos 20 anos, é o vice líder, atrás do próprio Al Ittihad, de Jeddah.