A virada da Internazionale contra o Catania, por 3 a 2 neste domingo, repercutiu muito bem entre o elenco nerazzurri. A moral que ganharam com o resultado foi tema de um desabafo de Andrea Stramaccioni. De acordo com o treinador, após o segundo gol dos rossazzurri, uma vitória interista seria quase impossível.

“Tivemos um começo terrível, graças à atmosfera do estádio. O Catania, pelo contrário, aproveitou nossas falhas e marcou duas vezes. Numa oportunidade dessas, se nosso time não tivesse bravura, teria sido incrivelmente difícil reverter a situação. Quem apostaria na gente?”, frisou o técnico.

Analisando os erros cometidos pela sua defesa, Stramaccioni comentou sobre Juan Jesus, que falhou no primeiro gol adversário: “Gostaria de apontar que ele é jovem e que soube se recuperar, jogando um grande segundo tempo. É um jogador de personalidade”, acrescenta.

“Foi uma vitória importantíssima, conseguida diante de um time que sempre complica dentro de casa. Não sei se muitos apostariam numa vitória nossa já no intervalo. Demos o nosso melhor nos 45 minutos finais. Guarín teve um problema no tornozelo, mas se esforçou demais para ajudar os colegas. Decidi não arriscar sua condição física por mais tempo”, finaliza Stramaccioni.