Foram 20 anos longe da Copa do Mundo. Finalmente de volta, a Itália provou que merece estar de volta ao grande palco do futebol feminino. Neste domingo, encarou a Austrália, uma das cotadas a ir longe na França, e, embora dominada a maior parte do tempo, mostrou resistência, empatou, e, aos 50 minutos da etapa final, anotou o gol da vitória, de virada, por 2 a 1. Os dois times estão no grupo do Brasil, que enfrenta a Jamaica, ainda neste domingo.

Quatro gols para dois valerem

A Itália teria dois gols anulados por impedimento, com o auxílio do árbitro de vídeo, fruto de passes em profundidade para pegar a defesa desprevenida da Austrália, que dominou a posse de bola durante 57% do tempo. O primeiro seria logo aos oito minutos, quando Barbara Bonansea recebeu, ainda no círculo central, e avançou até tocar na saída da goleira Lydia Williams. O assistente de vídeo foi usado para anular o tento. O outro, no segundo tempo, frustrou Daniela Sabatino, que havia pegado o rebote da própria finalização na trave.

Austrália domina

A partir da metade do segundo tempo, o domínio foi totalmente australiano, com várias chances de marcar. Hayley Raso chutou rente à trave antes de a capitã Sam Kerr ser derrubada por Sara Gama dentro da área. A própria Kerr cobrou o pênalti, defendido por Laura Giuliani. No rebote, ela fez 1 a 0 para a Austrália. Emily van Egmond ainda acertaria o travessão e Giuliani defenderia a cabeçada de Raso. A Itália foi ao intervalo aliviada por ter sofrido apenas um gol.

Barbara Bonansea

 Craque da Juventus, bicampeã italiana, Barabara Bonansea estava determinada a aproveitar qualquer chance que aparecesse. Aos 10 minutos, ela roubou a bola no campo de ataque e invadiu a área pela esquerda. Passou pela marcadora e anotou um golaço para empatar. A Austrália manteve-se melhor, sem, porém, conseguir produzir lances de perigo, e o empate parecia inevitável. Mas, nos acréscimos, Valentina Cernoia cobrou falta pela direita. A goleira Williams hesitou em sair do gol. Ficou no meio do caminho. E Bonansea, na segunda trave, concretizou a grande virada italiana.

Ficha técnica

Austrália 1 x 2 Itália

Local: Estádio de Hainaut, em Valenciennes
Árbitra: Melissa Borjas (Honduras)
Gols: Sam Kerr (AUS); Barbara Bonansea, duas vezes (BRA)
Cartão amarelo: Lisa de Vanna (AUS); Sara Gama, Cristiana Girelli e Valentina Cernoia (ITA)

Austrália: Lydia Williams; Steph Catley, Alanha Kennedy, Clare Polkinghorne e Ellie Carpenter; Hayley Raso (Katrina Gorry), Tameka Yallop (Elise Kellond-Knight), Emily van Egmond, Chloe Logarzo (Lisa de Vanna) e Caitlin Foord; Sam Kerr. Técnico: Ante Milicic

Itália: Laura Giuliani; Valentina Bergamaschi (Valentina Giacinti), Sara Gama, Elena Linari e Alla Guagni; Aurora Galli (Elisa Bartoli), Manuela Giugliano e Valentina Cernoia; Ilaria Mauro (Daniela Sabatino), Barbara Bonansea e Cristiana Girelli. Técnica: Milena Bertolini