Foi tudo muito bem coordenado. Com toques de primeira, movimentações e ultrapassagens, o Arsenal venceu o West Ham por 3 a 0, no Emirates. Uma vitória importante construída a partir de um jogo coletivo impecável, como prega a cartilha de Wenger. Os gols foram marcados por Giroud, Ramsey e Flamini, mas eles continham as impressões digitais de todos os jogadores de ataque.

LEIA MAIS: O Arsenal viveu uma noite em Old Trafford para relembrar os seus grandes momentos

Nem sempre a orquestra de Wenger está afinada, e ele vem acumulando críticas por isso. Pode cair mais uma vez nas oitavas de final da Champions League e está longe de brigar pelo título inglês. Mas quando sua ideia de futebol coletivo funciona perfeitamente, como neste sábado, o resultado é lindo de se ver.